sábado, 26 de março de 2011

Palestra de Ivan Medjugorje

Há muitos anos, o vidente Ivan, de Medjugorje, dá essa bela e importante palestra. Leia e divulgue:

“Meus queridos irmãos em Cristo, eu gostaria de saudar a todos vocês no mais profundo do meu coração. Meu desejo é compartilhar as mensagens que Nossa Senhora nos deu nestes 29 anos. Eu espero que vocês entendam que é difícil explicar todas as mensagens que Nossa Senhora deixou em todos estes anos. Eu irei falar sobre algumas das suas principais mensagens.

Nos últimos 29 anos, Nossa Senhora está vindo ao mundo e Ela está nos trazendo novidades alegres. Ela está vindo como Mãe de todos nós e Ela nos traz auxílio para este mundo cansado. Ela convida a todos nós a irmos até Ela.

Nós vamos até Medjugorje para estar com nossa Mãe, para dar a Ela as nossas necessidades, desejos e intenções. Nós viemos até a nossa Mãe com nossos problemas e os damos a Ela. Nós viemos até nossa Mãe, para sentarmos em seu colo e pedir a Ela proteção. Nós viemos até a nossa Mãe Maria para pedir as suas Orações, para pedir a Ela que interceda por todos nós diante de Seu Filho Jesus. Hoje nós temos de decidir segui-La e tomarmos o caminho que nos leva a seu Filho Jesus.

Há 29 anos atrás, Nossa Senhora bateu na porta do meu coração. Ela me escolheu para ser um instrumento em suas Mãos. Ela me escolheu para ser um instrumento nas Mãos de Deus. Para mim, para minha vida e para a minha família isto foi certamente um grande presente mas, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade. Eu soube que Deus tinha me dado muito e que Ele me pediria muito. Para cada um que Ele deu muito, Ele espera muito em retorno.

Não é fácil, nestes 29 anos estar com Nossa Senhora, falar com Ela todos os dias e estar na Luz do Paraíso, e depois voltar a esta terra e continuar a viver aqui. Todos os dias eu preciso de algumas horas após a aparição para voltar para a realidade deste mundo.

Hoje, eu gostaria especialmente de falar sobre as principais mensagens que Nossa Senhora deu durante estes 29 anos: paz, conversão, rezar com o coração, penitência e jejum, uma fé firme, amor, perdão, Eucaristia, e esperança. Estes são os seus convites para seguir o caminho da santidade. Nossa Senhora está nos conduzindo através destas mensagens. Ela mantém suas Mensagens simples de entender e nos ensina como vivê-las.

Em 1981 eu era somente uma criança. Eu tinha 16 anos de idade. A sua Vinda foi uma grande surpresa para nós. Antes do primeiro dia, eu não podia imaginar que Nossa Senhora pudesse aparecer para qualquer um. Os seis de nós ficaram muito animados quando Ela apareceu a nós. Ela veio como Rainha da Paz. Ela disse: “Vim a vocês, queridos filhos, porque Meu Filho Me mandou para ajudá-los. Queridos filhos, paz, paz, paz, somente paz. A paz deve reinar no mundo. Queridos filhos, a paz deve reinar entre os homens e Deus, e entre todos os homens. Queridos filhos, este mundo está corre grande perigo. Ele pode destruir a si mesmo”. Estas são algumas das primeiras mensagens que Ela nos deu e para o mundo inteiro. Neste segundo dia nós a reconhecemos Nossa Senhora como Mãe e ainda a temos como Mãe hoje.

Qual é o maior desejo de Nossa Senhora? A paz é o grande desejo de Nossa Senhora. A Mãe foi enviada até nós pelo Rei da Paz. Quem, então conheceria a paz melhor do que Nossa Senhora, nossa Mãe, na qual o caminho da paz é necessário neste mundo cansado? Ela sabe que a paz é necessária para a Humanidade cansada. Quanta paz é necessária nas famílias cansadas, nos jovens e na Igreja cansada. A Mãe vem como Mãe da Igreja. Ela vem porque Ela quer nos ajudar e nos encorajar, nos consolar e apontar os caminhos errados que nós tomamos. Ela vem para levar todos para grandes coisas. Ela vem nos trazer remédio, suas Palavras e para nos curar. Ela vem para nos dar amor e trazer a sua delicadeza e seu calor Maternal. Ela vem para nos levar até o seu Filho. Somente através de Seu Filho nós encontraremos a Paz.

Em uma mensagem, Nossa Senhora disse: “Queridos filhos, hoje mais do que nunca a Humanidade se encontra em uma situação difícil. Os homens estão tão distantes de Deus e da oração, e a maior crise é a crise da falta de fé em Deus.” E também: “Queridos filhos, a Humanidade hoje caminha para um futuro sem Deus. Queridos filhos, o mundo de hoje não pode dar a vocês a paz. Vocês logo irão se desapontar com o que o mundo oferece. Vocês devem se decidir por Jesus, colocá-lo em primeiro lugar em suas vidas e ir em direção ao futuro com Ele.” “Queridos filhos, hoje não existe oração nas suas famílias.” Os pais não rezam mais com seus filhos. As famílias gastam muito pouco tempo juntas e não existe mais amor entre eles. A fidelidade se foi nas famílias. Existem muitas famílias quebradas e cansadas. Nossa moral se foi e a Mãe vem nos convidar à paz: “Queridos filhos, retornem à oração em suas famílias.” Deste modo, as famílias podem experimentar a Palavra Viva de Deus.

A Mãe vem para nos levar da escuridão para a luz. Nossa Senhora nos traz auxílio e Ela diz: “Queridos filhos, não falem sobre paz, mas comecem a viver a paz. Não falem sobre a oração, mas comecem a viver a oração. Queridos filhos, no mundo de hoje existem muitas palavras. Eu os convido a parar de falar e começarem a trabalhar em direção a paz.” Ela quer que nós trabalhemos em nós mesmos e na vida de nossas famílias: “Queridos filhos, somente com a oração e amor em suas famílias, elas podem ser curadas.” No mundo de hoje e nas famílias de hoje, é importante rezar porque Nossa Senhora nos diz: “Queridos filhos, o mundo está espiritualmente doente!” Este é o diagnóstico de Nossa Mãe. Nós não podemos ter uma cura física antes que tenhamos uma cura espiritual. Nós temos que curar a nós mesmos de um modo espiritual através da oração. Hoje este mundo não está em recessão, mas em uma recessão espiritual.

Nossa Senhora nos convida a acordarmos de nosso coma espiritual que nos leva para a morte espiritual. Ela que nos fortalecer na fé através da oração. Ela quer nos erguer acima deste mundo de pecado. Ela se preocupa com a nossa salvação. Ela disse: “Queridos filhos, Eu estou com vocês. Eu vim lhes trazer a paz. Queridos filhos, eu preciso de vocês! Decidam-se pelo bem, queridos filhos, e lutem contra o pecado e o mal”.

A Mãe fala de uma maneira simples. Ela nos convida com as suas Palavras e nunca se cansa. Eu repito o meu testemunho muitas vezes e falo das mensagens de Nossa Senhora. Eu não estou cansado. Eu não estou cansado porque vejo Nossa Senhora todos os dias e Ela não está cansada. Ela continua nos convidando a rezar.

Igual a muitas de vocês mães aqui hoje que continuam a encorajar seus filhos a serem bons, a estudar, a trabalhar duro e a ouvir. Vocês repetem milhares e milhares de vezes, e eu espero que vocês não se cansem. Quantas vezes vocês têm encorajado seus filhos somente uma vez e nunca tiveram necessidade de repetir? As mães tem que repetir os seus direcionamentos para seus filhos muitas vezes para que eles se lembrem. Nossa Senhora continua a repetir as suas mensagens para nós.

Ela vem como a Mãe da Ajuda. Ela traz ajuda para as famílias e para a Igreja. Nossa Senhora diz: “Queridos filhos, se vocês forem fortes, então a Igreja será forte. Mas se vocês forem fracos, a Igreja será fraca. Vocês são os leigos da Igreja. Queridos filhos, não existe Igreja sã sem famílias sãs.” Nossa Senhora nos convida para a oração em família e a renovar a oração nas famílias. Nossa Senhora nos convida a participar da Santa Missa e fazer dela o centro de nossas vidas. Participar da Santa Missa é ter um encontro com Jesus Vivo. Ela quer que abramos os nossos corações para Ele.

Nossa Senhora nos convida a Confissão mensal. Ela quer que adoremos Jesus no Santíssimo Sacramento e em frente a Cruz. De modo especial, Nossa Senhora convida os sacerdotes do mundo a começarem a Adoração em frente a Cruz em suas paróquias.

Nossa Senhora nos convida a oração do Rosário com nossas famílias e a ler a Sagrada Escritura. Em uma das mensagens, Nossa Senhora disse: “Queridos filhos, coloquem a Bíblia em um local visível em suas casas. Leiam a Santa Bíblia e Jesus irá nascer em seus corações. Perdoem e amem uns aos outros.” Nossa Senhora disse: Queridos filhos, se soubessem quanto os amo, vocês chorariam de alegria.”

A importante mensagem de Nossa Senhora é o convite à oração com o coração. Para rezar, rezar, rezar. Não rezar com os lábios, não rezar mecanicamente, não rezar por tradição, não rezar e olhar para o seu relógio e não esperar pelo fim da oração. Nossa Senhora quer que nós decidamos pela oração, que encontremos tempo para a oração e devemos encontrar tempo para Deus. Rezar com todo o coração significa rezar com amor e por amor a Jesus. Rezar com todo o seu ser, então a oração se torna um encontro com Jesus. Deste modo, a oração se torna uma conversa com Jesus, e você pode descansar na oração com Jesus. Rezar com o coração é rezar com alegria e não estar ansioso sobre o futuro. Nossa Senhora disse: “Queridos filhos, se vocês querem entrar na escola da oração vocês devem saber que não existem férias. Vocês devem estar na escola da oração todos os dias.” E também: “Queridos filhos, se vocês querem rezar melhor, devem rezar mais. Rezar é uma decisão pessoal e rezar melhor é uma graça.”

Hoje, nós reclamamos que não temos tempo suficiente para a oração. Nós sempre culpamos o tempo como problema. Nossa Senhora claramente diz: “Queridos filhos, não digam que vocês não têm tempo. O problema não é o tempo. O problema é o amor. Porque, filhinhos, se vocês amam alguma coisa, vocês sempre terão tempo para ela.”

Nossa Senhora nos convida a rezar e Ela nos mostra o caminho para a oração alegre. Eu espero que vocês respondam às mensagens de Nossa Senhora e se tornem testemunhas do seu Amor. Eu espero que uma semente tenha sido plantada em seus corações durante estes dias em Medjugorje. Eu espero que esta semente encontre um solo bom e dê bons frutos. Eu espero que a sua peregrinação até Medjugorje seja o começo da sua renovação espiritual. Levem esta renovação espiritual até as suas casas e a compartilhe com as suas famílias.

Que vocês sejam um sinal apontando para a presença de Nossa Senhora e que vocês a levem para dentro de suas famílias. Decidam-se pela paz e se decidam por Deus. Com Deus, nós teremos paz. Deus os abençoe.”

Um comentário: