sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Testemunho para todos da Associação

Caros amigos da Associação Sagrados Corações. Participei da Campanha pelo Menino Jesus e Contra o papai-noel com vocês. Fiz Adoração ao Menino Jesus especialmente em todo o mês de dezembro em desagravo a Ele. No fim do mês, fui sorteado numa Missa para ficar com a imagem do Menino Jesus em minha casa durante a semana do Natal. Tenho certeza que essa imagem foi também para todos vocês que consolaram o Menino Jesus neste mês e diante dela rezei por todos vocês. Abraço, Leandro Ferreira.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

COMUNHÃO

Mesas de Comunhão destruídas. by G. M. Ferretti “De um ponto de vista autenticamente católico, o recurso arquitetônico antigo, para a salvação das almas, deveria voltar”. Sobre a Comunhão de pé, Comunhão na mão e outros erros monumentais. Grace Kelly (Princesa Grace de Mônaco recebendo a Sagrada Comunhão da maneira católica). Grace Kelly (Princesa Grace de Mônaco recebendo a Sagrada Comunhão da maneira católica). Por Paul Kokoski - The Remnant | Tradução: T. M. Freixinho - Fratres in Unum.com - Há alguns anos, o Papa Bento XVI decretou que todas as pessoas que comungassem com ele deveriam se ajoelhar e receber a Sagrada Comunhão sobre a língua. Esta prática era a norma universal antes do Concílio Vaticano II, porém, foi amplamente rejeitada pela maioria dos bispos após o Concílio. A presente opção ou permissão de receber a Sagrada Comunhão de pé e na mão tem contribuído bastante para a crise de fé e a perda do sentido do sagrado. O Papa agora está tentando reverter essa tendência chamando os católicos de volta a um sentido forte de sua própria identidade. Pe. Regis Scanlon, OFM, disse uma vez que "a doutrina da Presença Real de Jesus Cristo na Eucaristia é uma daquelas verdades maravilhosas pelas quais o Cristianismo resplandece como uma religião de mistérios que excede muitíssimo a capacidade da mente humana. A Igreja Católica definiu o dogma da Presença Real ao afirmar que Jesus Cristo está presente inteiramente sob as aparências de pão e vinho após as palavras de consagração na Eucaristia."1 A recepção da Sagrada Comunhão na Missa sempre foi um momento de tremenda reverência, tradicionalmente precedida pelo soar de sinos, incenso e silêncio. Infelizmente, existem muitos católicos que não acreditam mais na Presença Real. Sem dúvida, isso se deve à diminuição – e em alguns casos, a exclusão – desses e de muitos outros símbolos e sinais de adoração. Um símbolo de adoração que foi eliminado é o recurso arquitetônico chamado Mesa de Comunhão. A Mesa de Comunhão (também chamada de comungatório) foi introduzida nas igrejas católicas no século IX. Sua finalidade era separar o santuário do restante da igreja e separar aqueles cuja função é realizar a ação sacramental dos que formam a congregação da celebração – uma separação que foi sempre considerada como essencial para a constituição da Igreja. Essa separação estava relacionada à compreensão antiga do sacerdote como o intermediário designado entre Deus e as pessoas. O comungatório tornou-se mais conhecido como mesa de Comunhão na Idade Média, quando os fiéis começaram a receber a Comunhão de joelhos de maneira mais generalizada. Esse desenvolvimento orgânico se deu a partir de um sentido de reverência e humildade mais premente com relação à Eucaristia. Para aqueles que não estão familiarizados com a mesa de Comunhão – e, sem dúvida, muitos hoje em dia nunca a usaram –, é um recurso arquitetônico que separa o santuário do corpo da igreja e, geralmente, é feito de mármore ou algum outro material precioso. Um pano branco e limpo de linho fino, que, geralmente, ficava preso no lado do comungatório que dava para o santuário geralmente era estendido ao longo da mesa de comunhão antes da distribuição da Sagrada Comunhão; sua finalidade era atuar como um tipo de corporal para receber quaisquer partículas que por acaso pudessem cair das mãos do sacerdote. O comungante então pegava o tecido com ambas as mãos e o segurava sob o queixo. Há evidências que sugerem que algo na natureza de um corporal era usado mesmo nos primeiros dias do cristianismo. Em épocas mais modernas, um acólito desempenhava a mesma função segurando uma patena sob o queixo de cada comungante. Até mesmo o Santo Padre Pio recebia a Comunhão de joelhos e sobre a língua. Será que ele não era Até mesmo o Santo Padre Pio recebia a Comunhão de joelhos e sobre a língua. Será que ele não era "iluminado" quanto nós? No momento da Comunhão podemos quase visualizar o comungatório como uma mesa comprida, que existe ao longo e em frente do Altar do Sacrifício – uma mesa onde o povo de Deus pode partilhar do banquete de Nosso Senhor como se estivesse presente em sua Última Ceia; uma mesa onde, ao mesmo tempo, podemos estar presentes ao sacrifício incruento da Paixão de Nosso Senhor, como se estivéssemos verdadeiramente ajoelhados diante de Nosso Senhor no Calvário, prontos para recebê-Lo e participar em seu Sacrifício. Que incrível! Compare isso com as rubricas de hoje que permitem que se fique de pé para a Comunhão. O que percebemos? No momento da Comunhão, o comungante toma a hóstia do padre com as suas próprias mãos – como se quisesse negar ou minimizar a consagração das mãos do sacerdote ocorrida na ordenação. Muitos comungantes hoje em dia saem da frente da igreja sem mesmo reconhecer, fazendo uma inclinação, que ele ou ela recebeu algo – ou Alguém – sagrado. Nenhuma precaução é tomada para garantir que partículas do Corpo e Sangue de Nosso Senhor não se percam. Absolutamente escandaloso! E ainda assim é isso que muitos de nossos peritos litúrgicos e bispos permitem e até mesmo promovem hoje em dia. É como se a Missa fosse um pouco mais do que uma reunião social ou um local para reunir alguns amigos. Infelizmente, a decisão de retirar as mesas de Comunhão veio pouco tempo depois do Concilio Vaticano II e parece ter sido uma iniciativa tomada em nível local para introduzir mudanças arquitetônicas que foram consideradas necessárias para implementar as reformas litúrgicas do Concílio. Enquanto algumas igrejas deixaram as mesas de Comunhão intactas, em grande parte, elas caíram em desuso e, em geral, as construções de novas igrejas não as inclui. Teóricos litúrgicos alegavam, juntamente com o chamado do Vaticano II a uma “participação plena e ativa de todas as pessoas" na liturgia, que a mesa de Comunhão separava a atividade do clero da passividade dos leigos a quem eles incorretamente acreditavam estivessem excluídos da celebração. Daí, a retirada das mesas de Comunhão foi considerada necessária, a fim de formar um espaço integrado ou unificado que retiraria o enfoque do padre e o redistribuiria igualmente a cada membro da assembleia. Isso significa, incidentalmente, que, embora a Igreja continue acreditando que os acólitos conduzam à produção de vocações sacerdotais, as meninas agora deveriam ser incluídas dentre suas fileiras, uma vez que qualquer forma de discriminação pode ser vista como divisão. Deus nos perdoe! Deus nos perdoe! Entretanto, neste ponto, tudo que é essencial para a fé católica na Missa começa a se deteriorar. Por exemplo, o sacerdote não é mais visto como um intermediário, mas sim como o “presidente" que agora deve "se voltar" para as pessoas, ao invés de se voltarem para a cruz de Cristo 2 – como acontecia com a Missa em Latim. O Papa Bento XVI, alega em seu livro, O Espírito da Liturgia, que "o sacerdote que se volta para a comunidade forma, juntamente com ela, um círculo fechado em si. A sua forma deixou de ser aberta para cima e para frente; ela encerra-se em si própria."3 Sem essa "abertura para cima e para frente", para Deus, o Sacrifício da Missa se torna um pouco mais do que uma refeição comum, em que também é importante que nós "nos autocomunguemos" ao receber o Corpo e o Sangue de Cristo na Sagrada Comunhão, usando as nossas mãos. Isso é especialmente verdadeiro sempre que – como frequentemente ocorre – um membro do laicato toma as Hóstias do sacrário e as dá ao sacerdote e a outros membros do laicato para distribuição. Dizem-nos que isso ajuda a "despertar no cristão um sentido de dignidade pessoal."4 Como um testamento adicional a esta “dignidade” igualitária também se torna necessário ficar de pé ao receber a Sagrada Comunhão, o que, por as vez, elimina qualquer motivo adicional para conservar a mesa de comunhão. Muitos se lembrarão como a prática de ficar de pé para a Sagrada Comunhão foi rigorosa e arbitrariamente imposta após o Vaticano II até que se tornasse uniformemente arraigada no laicato. Com quanta frequência escutamos desde o Vaticano II que a “genuflexão não combina com a nossa cultura ... Não é certo que um homem crescido faça isso... ele deve olhar para Deus de pé". Ou novamente: "Não é apropriado que um homem redimido – ele foi liberto por Cristo e não precisa se ajoelhar nunca mais." Entretanto, é muita presunção agir como se já tivéssemos recebido a nossa recompensa celeste antes que a tenhamos efetivamente recebido. Embora muitos na Igreja neguem que o orgulho esteja envolvido neste caso, creio que este seja o “pecado da presunção" elevando a sua horrorosa cabeça. São Paulo (Fil 2; 12) nos diz que devemos trabalhar a nossa salvação em temor e tremor. O Papa Bento disse que "a genuflexão dos cristãos não é uma forma de inculturação em costumes existentes. Muito pelo contrário, trata-se de uma expressão da cultura cristã, que transforma esta cultura através de um conhecimento e experiência de Deus novos e mais profundos." 5 Ajoelhar-se advém do conhecimento de Deus. Como o Papa nos lembra, "a palavra proskynein sozinha ocorre cinquenta e nove vezes no Novo Testamento, vinte e quatro das quais estão no Apocalipse, o livro da liturgia celeste, que é apresentado à Igreja como o padrão para a sua liturgia." 6 O Papa Bento dá um exemplo de como a genuflexão, prática essa que nos anos recentes, como o Sinal da Cruz, está caindo em desuso dentro da Igreja. Em seu livro O Espírito da Liturgia, o Papa fala de uma "história que provêm dos ditos dos Padres do Deserto, de acordo com a qual o demônio foi compelido por Deus a mostrar-se a um certo Abba Apollo. Ele tinha a aparência enegrecida e feia, com membros magros e assustadores, porém, o que mais chamava a atenção era que ele não tinha joelhos. A incapacidade de ajoelhar-se é vista como a própria essência do diabólico." 7 Não se trata de um capricho da imaginação sugerir que, ao menos, teoricamente, aqueles que abandonaram a genuflexão durante a recepção da Sagrada Comunhão tenham efetivamente abandonado a Bíblia – porque se alguém não se ajoelha perante o Senhor, quando é que essa pessoa se ajoelha? O Santo Padre assinala também que "o homem que aprende a crer, aprende também a se ajoelhar, e uma fé ou uma liturgia não mais familiarizada com a genuflexão estaria doente em seu núcleo." 8 Como ousam! Como ousam! Embora os teóricos litúrgicos, designers e consultores modernos afirmem que a sua nova teologia reflete a mente da Igreja, não há documento eclesiástico algum contra a mesa de Comunhão ou algum documento que sancione a sua retirada das igrejas. O que o Vaticano disse é que "Quando os fiéis comungam de joelhos, nenhum outro sinal de reverência diante do Santíssimo Sacramento é obrigatório, uma vez que o próprio genuflectir é um sinal de adoração. Quando eles recebem a comunhão de pé, é altamente recomendado que, vindo em procissão, eles devam fazer um sinal de reverência antes de receber o Santíssimo Sacramento." 9 Em sua carta pastoral sobre a reverência eucarística, Dom John Keating de Arlington, Virginia, escreve: "Nenhuma postura corporal expressa de maneira tão clara a reverência interior da alma perante Deus quanto o ato de genuflectir. Reciprocamente, a postura de genuflectir reforça e aprofunda a atitude de reverência da alma." 10 Portanto, ajoelhar-se é a postura máxima de adoração, submissão e entrega. Na Igreja Católica fazemos genuflexão e nos ajoelhamos para indicar, através de um gesto corporal, uma submissão total de nossas mentes e corações à verdadeira Presença de Cristo. Trata-se de uma manifestação exterior da reverência inspirada por Sua Presença. A mesa de Comunhão é a divisória que separa o santuário da assembléia. Na medida em que ela nos permite visualizar essa distância que separa o céu e a terra, Criador e criatura, é um recurso arquitetônico que nos ajuda a superar o orgulho humano, permitindo que nos aproximemos e recebamos Cristo na Eucaristia com a disposição e reverência próprias. Em um sentido adicional – na medida em que a noiva e o noivo são consagrados no santuário --, a mesa de comunhão também pode ser vista como um reforço visual poderoso do sacramento do Matrimônio. A remoção das mesas de Comunhão causou grande dor a muitos na Igreja. Ela desorientou muitas pessoas, que, com justa razão – especialmente à luz da perda recente e avassaladora da fé na Eucaristia como Presença Real – temiam que o próprio cerne da fé católica fosse comprometido. Uma vez que a Missa culmina na administração da Comunhão, a mesa de comunhão deveria ser vista como era – como um auxílio para a fé da mais alta importância para os fiéis. De um ponto de vista autenticamente católico, o recurso arquitetônico antigo, para a salvação das almas, deveria voltar. Notas: 1. Padre Regis Scanlon, O.F.M., Capítulo "Piedade Eucarística: Uma Forte Recomendação" (Theotokos, o boletim do Clube Católico da Aurária). 2 Ou, mais precisamente, o Oriente. Para citar o Monsenhor Klaus Gamber: "O que na Igreja primitiva e durante a Idade Média determinou a posição do altar foi que ele estava virado para o Oriente. Para citar Santo Augustinho, "Quando nos levantamos para rezar, nos voltamos para o Oriente, onde começa o Céu. E fazemos isso não porque Deus esteja lá, como se Ele tivesse se distanciado de outras direções na terra..., mas sim para nos ajudar a lembrar a voltar nossas mentes em direção a uma ordem superior, ou seja, para Deus". Klaus Gamber, A Reforma da Liturgia Romana, Una Voce Press, Califórnia, 1993, p.80 no capítulo, "Missa Versus Populum". 3. Cardeal Joseph Ratzinger, O Espírito da Liturgia (San Francisco: Ignatius Press, 2000), p. 80. (doravante citado como O Espírito da Liturgia ). 4. Comunicação Interna da Conferência Canadense de Bispos Católicos, 23 de março de 1970. 5. O Espírito da Liturgia. p. 185. 6. Ibid.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Mensagem de 25/12/2002

Mensagem de Nossa Senhora em Divinópolis em 25/12/2002, Natal: “Copiem essas minhas mensagens. Façam cópias e distribuam para todo o meu povo. Ele precisa se converter. É este o meu apelo veemente. Quero ficar mais perto de vocês. Todos são meus filhos e os amo muito. E Jesus também. Mesmo aqueles que fazem o mal, aqueles que o ofendem, Ele os ama. Não a ofensa, mas a sua pessoa, o seu ser filho de Deus, sua alma. Deus é o Criador e ama infinitamente a sua criatura. Vão à Missa e comunguem para que Jesus nasça e faça morada definitiva em seus corações. Apresentem-me todos os doentes. Eu olho por eles e os consolo. Eu cuido, meus filhos. Eu já cuido deles e os acompanho. Vejam esta chuva que cai. Foi Deus que mandou para dá-los água e aliviá-los do calor. Agradeçam ao Senhor por isso. Adeus, meus filhos amados.”

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Marija: O futuro da humanidade está cada vez mais correndo risco

Encontrar Deus acolhendo as mensagens da Virgem Maria é a única salvação para o futuro da humanidade, sempre mais em risco afirmou a vidente de Medjugorje Marija Pavlovic-Lunetti em 2 de dezembro logo após a sua aparição em um pavilhão de desportos italiano. 5.000 participantes lotaram o salão até o último assento. Marija abordou a multidão de 5.000 em Varese A vidente de Medjugorje Marija Pavlovic-Lunetti estava notavelmente preocupada quando se dirigiu a uma multidão de 5.000 pessoas no ginásio de esportes PalaWhirlpool em Varese, Itália, depois de sua aparição pública, no domingo. “A Bem-Aventurada Virgem Maria não deu nenhuma mensagem específica, mas pediu encarecidamente a todos nós que reencontrássemos Deus acolhendo a mensagem de Nossa Senhora, única salvação para o futuro da humanidade, sempre mais em risco”. “Sem Deus vocês não terão futuro ou Vida Eterna” Marija repetiu o que disse em sua aparição pública no sábado, em Canazei e, de fato, em uma série de outras ocasiões. Entre os participantes, um cientista com experiência pessoal em testar os videntes de Medjugorje observou que a atitude da maioria das pessoas para a fé em Deus está bloqueada: “Aqueles que não querem acreditar não acreditam mesmo com comprovação científica e aqueles que acreditam por graça, acreditam mesmo sem testes instrumentais. O fato é que a razão está em crise” disse Mario Botta, um dos primeiros médicos a submeter os videntes a testes científicos. disse o jornal regional Il Giorno. Matéria original: http://www.medjugorjetoday.tv/8199/marija-mankinds-future-still-more-at-risk/

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Feliz Natal‏

Vim pra ficar na tua casa. Eu vim ao mundo, numa noite fria e eis que nasci em uma pobre manjedoura pois não havia lugar para mim na hospedaria. Mesmo diante das circunstâncias que o mundo me ofereceu, recebi um profundo amor de Maria e José, meus pais, que antes do meu nascimento prepararam tudo para a minha chegada. O tempo foi passando e fui crescendo em sabedoria e humildade, e fiz a minha opção em buscar as coisas do Pai. Em virtude desta minha escolha vieram muitas coisas boas, realizei curas, milagres, prodígios, com isso muitas pessoas mudaram de vida, se converteram, passaram a crer em Deus e suas vidas se modificaram. Mas ao aceitar os planos do Criador em minha história, apareceram as dificuldades, tribulações e sofrimentos que me levaram a morte na Cruz. Apesar de tudo o que passei, se fosse necessário faria tudo novamente, pois o Pai jamais me abandonou, e me ensinou que o significado do amor está em dar a vida por amor ao próximo, e é perdendo que se ganha a eternidade. E esta é minha história que se comemora todo ano, recordando o menino que veio salvar o que estava perdido, e você pode se tomar um Salvador de Almas, acolhendo a estas palavras e deixando que eu entre em seu coração. "Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele comigo." Ap 3,20. "Não temas; de agora em diante serás pescador de homens." Lc 5,10. Um Santo Natal e que Jesus e Maria abençoem você e sua família. E que venha um Ano Novo cheio de paz. Att, Johnni do Bonfim Silva

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Obra de reparação

Participe das obras de orações e reparações. Veja a importante mensagem de Nossa Senhora em Divinópolis em 25/7/2007 - “Rezem, pois tudo o que é ruim, satanás ajuda espalhar. Tudo o que é de Deus, satanás tenta atrapalhar. Vocês que acreditam são convidados a praticarem minhas mensagens mais vezes para compensar por aqueles que não praticam.”

domingo, 16 de dezembro de 2012

ORAÇÃO a SÃO BRAZ ( Protetor contra as doenças da garganta)

Ó glorioso São Braz, que restituíste com uma breve oração a perfeita saúde a um menino que, por uma espinha de peixe atravessada na gargante, estava prestes a expirar, obtende para nós todos a graça de experimentarmos a eficácia do vosso patrocínio em todos os males da garganta. Conservai a nossa garganta sâ e perfeita para que possamos falar corretamente e assim proclamar e cantar os louvores de Deus. Amém. Abênção de São Braz: Por intercessão de São Braz, Bispo e Mártir, livre-te Deus do mal da garganta e de qualquer outra doença.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

PROFECIA MAIA- FERNANDO MALKUN‏

Especialista em cultura Maia explica o que esta civilização escreveu para o ano de 2012 Há quinze anos atrás, Fernando Malkun, barranquillero ( natural de Barranquilla, uma cidade da Colômbia) de origem libanesa, deixou a arquitetura que tinha estudado na Universidade de los Andes, e a qual havia se dedicado por quase uma década, para responder às perguntas que se atravessaram em sua vida. Durante esse tempo, ele se encontrou com a cultura Maia e dedicou-se completamente ao seu estudo. Hoje é um especialista no tema, com reconhecimento internacional e continua viajando pelo mundo explicando a mensagem que esta civilização deixou para os seres humanos. . Os maias disseram que o mundo iria acabar em 2012? - Estão gerando um pânico coletivo absurdo aduzindo que eles tinham anunciado que o mundo iria acabar em dezembro de 2012. Não é verdade, OS Maias nunca usaram a palavra fim. Anunciaram um momento de mudança, de grande aumento de energia do planeta, o que causaria“eventos de destino”, isto é, definitivos, nas pessoas. O problema é que o nível de consciência da maioria das pessoas atinge apenas o fim do mundo e não a transformação de consciência. . Quando isso vai acontecer? - Não vai acontecer, está acontecendo. As pessoas não estão juntando todas as peças do quebra-cabeças para perceber isso. Acreditam apenas que estes eventos atuais são causados por um conjunto de “coincidências” evolutivas. Mas estamos em uma onda de mudanças como nunca antes. . O que se percebe, segundo o que é dito pelos Maias? - A profecia anunciou que o planeta aumentaria a sua freqüência vibracional, o que é um fato: esta freqüência, que se mede com a ressonância Schumann, passou de 8 a 13 ciclos. Todos os planetas do sistema solar estão mudando. De 1992 até hoje, os pólos de Marte desapareceram 60 por cento e Vênus tem quase o dobro de luminescência. Passamos 300 anos registrando o Sol e as tempestades solares maiores têm ocorrido nos últimos seis meses. Houve um aumento de terremotos de 425 por cento. Tudo está acelerado dos pontos de vista geofísico e solar. Nosso cérebro, que irradia suas próprias ondas, é afetado por essa maior irradiação do sol. Essa carga eletromagnética é o motivo por que sentimos o tempo mais rápido. Não é o tempo físico, mas o tempo de percepção emocional. . Fale sobre 1992. Por que este ano? O que aconteceu ? - A essência das profecias maias é comunicar a existência de um ciclo de 26.000 anos, chamado “o grande ciclo cósmico”. Tudo, estações, meses, dias se ajustam a esse ciclo. Há 13 mil anos atrás, o sol –assim como agora- irradiou mais energia no planeta e derreteu a camada de gelo . Essa camada desaguou no mar, elevou o seu nível em 120 metros e ocorreu o chamado “Dilúvio Universal “. Os Maias disseram que quando o sistema solar estiver novamente a 180 graus de onde estava a 13.000 anos atrás, a Estrela do Norte brilha sobre o pólo, a constelação de Aquário aparece no horizonte e o trânsito décimo terceiro de Vênus se der – o que vai acontecer em 6 de junho de 2012 – o centro da galáxia pulsará e haverá manifestações de fogo, água,terra, ar. Eles falam, especificamente, de dois períodos de vinte anos , de 1992 a 2012 e 2012-2032 – de intensas mudanças. . Por que anunciavam isso? - A proximidade da morte faz com que as pessoas repensem suas vidas, examinem e corrijam a direção que tomam. Isso é algo que ocorre somente se algo se aproxima de você, ou você passa diretamente, te impacta tremendamente. Isto é o que tem acontecido com os tsunamis,os terremotos, as catástrofes naturais de que vivemos, os conflitos sociais, econômicos, etc. . Então, eles falam de morte? - Eles falam de mudança, de um despertar da consciência.Tudo o que está errado com o planeta está se potencializando com o objetivo de que a mente humana se dedique a resolvê-lo.Há uma crise de consciência individual. As pessoas estão vivendo “eventos de destino”, seja em seus relacionamentos, seus recursos, em sua saúde. É um processo de mudança que se baseia principalmente no desdobramento invisível, e está afetando em especial à mulher. . Por que as mulheres? - A mulher é quem terá o poder de criar a nova era, devido à sua maior sensibilidade. De acordo com as profecias - não só as maias, mas muitas-, a era que se aproxima é de harmonia e espiritualidade. As coisas que estão mal vão se resolver no período que os Maias chamaram de “tempo do não tempo”, que será de 2012-2032.. Desde 1992, o percentual de mulheres que vêem a aura (seres curadores) do planeta tem aumentado. Hoje, é de 8,6 por cento. Imagine que em 2014 seja de 10 por cento. Isso significaria o início de um período mais transparente. Essa seria a direção da mudança não violenta. . Mas o que se vê hoje é um aumento na agressividade …. - As duas polaridades são intensificadas. Estão abertos os dois caminhos, o negativo, escuro, destruição, de confronto do homem com o homem; e o de crescimento da consciência. Existem várias vozes que estão levando os seres humanos a pensar sobre isso. Desde 1992, as informações proibidas dos agnósticos, dos maçons, dos Illuminati, estão abertas para que se utilize no processo de mudança de si mesmo.. A religião esta acabando e a religiosidade é que irá permanecer. . Tudo isso , os Maias deixaram de escrito, assim específico? - Não a esse ponto. Eles disseram que o sol iria mudar as condições do planeta e criar “eventos de destino “. O sol bateu todos os recordes este ano. Os Terremotos aumentaram 425 por cento. A mudança de temperatura é muito intensa: de 92 para cá aumentou quase um grau, o mesmo que subiu nos últimos 100 anos anteriores. Antes, havia 600 ou 700 tormentas elétricas simultâneas, hoje há duas mil. Antes se Registravam 80 raios por segundo, agora caem entre 180 e 220. . Como eles sabiam que isso ia acontecer? - Eles tinham uma tecnologia extraordinária. Em suas pirâmides havia altares de onde eles estudaram o movimento do sol no horizonte. Produziam gráficos com os quais sabiam quando haveria as manchas solares, quando aconteceriam tempestades elétricas. Foi um conhecimento que receberam dos egípcios, que, por sua vez, o receberam dos sacerdotes sobreviventes da Atlântida, civilização destruída 13.000 anos atrás. Os Maias aperfeiçoaram os conhecimentos e foram os criadores dos calendários mais precisos. Um deles, chamado“Conta larga” termina em 21 de dezembro de 2012, e marca o ponto do centro exato do período de 26.000 anos. Eles sabiam que essas mudanças estavam vindo e o que eles fizeram foi dar essa informação para o homem de 2012. . Será que estas mudanças só foram levantadas por eles? - Todas as profecias falam da mesma coisa. Os hindus, por exemplo, anunciam o momento de mudança e falam sobre a chegada de um ser extraordinário qual o mundo ocidental cristão apregoa. Os Maias nunca falaram de um ser extraordinário que viria para nos salvar, mas falaram de crescer em consciência e assumir a responsabilidade, cada ser na sua individualidade. . E as pessoas que não acreditam nisso? - Acreditando ou não, vão senti-lo no seu interior. A mudança que estamos vivenciando não é algo de se acreditar ou não. Neste momento,a maioria está vivendo um tempo de avaliação de sua vida. Por que estou aqui, o que está acontecendo, para onde eu quero ir? Basta olhar o crescimento da busca de espiritualidade, não de religiosidade, porque a religião não está dando mais respostas às pessoas. . A sua vida pessoal mudou? - Há quinze anos atrás, eu era tremendamente materialista. Minha conduta é muito diferente hoje. Eu me perguntei por que estava aqui, para quê, e por razões especiais acabei metido no mundo Maia. E posso afirmar que não se tratam de crenças falsas para substituir crenças falsas. Tirei muitas histórias da minha mente, mas eu ainda estou no terceiro nível de consciência, que é dominante no planeta. . Quem está mais em cima? - Há pessoas que estão em um nível 4 ou 5. São as menos famosas, de perfil baixo. Em uma viagem conheci um jardineiro extraordinário, por exemplo. Estes seres estão em serviço permanente, afetando a vida de muitas pessoas, mas não publicamente. . O que devemos fazer, de acordo com essa teoria? - O universo está nos dando uma oportunidade individual para reestruturar nossas vidas. A maneira de sincronizar-nos é, primeiro, não ter medo, perceber que podemos mudar nossa consciência. A física quântica já disse: a consciência modifica a matéria. O que significa que sua vida depende daquilo que você pensa. A distância entre causa e efeito tem diminuído. Há vinte anos atrás, para que se manifestasse algo em sua vida, necessitava-se de muita energia. Há vinte anos atrás qualquer fator de punição de um ato maldoso ganhavam-se anos para receber alarde. Hoje tudo ganha destaque rápido. A corrupção pelo mundo afora tem ganhado destaque internacional. As ditaduras estão caindo. As religiões estão a cada dia mais problemáticas, Hoje, você pensa algo e em uma semana está acontecendo. Sua mente causa isso. O que devemos é buscar, as respostas estão aí. Basta ter olhos para ver e ouvidos para ouvir. Fernando Malkún Deus nos proteja contra todos os males. Sóluz (SK).

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Amizade madurecida - Padre Fábio de Melo

“Uma das características da infância é a incapacidade de dividir coisas. Uma criança não pode dividir porque não se possui, porque ainda não sabe o que ela é. Você começa a identificar a maturidade, a partir do momento que uma criança consegue perceber as regras de um joguinho. A maturidade faz parte de um processo. Em um processo não podemos queimar etapas. Ele é lento, chato e demorado. Uma criança passa por um momento de amadurecimento a partir do momento que começa a brincar. A maturidade acontece, quando tomamos posse do que nós somos, para aí então podemos nos dividir com os outros. Isso faz parte do processo de maturidade. Não nascemos amando, pelo contrário, queremos ter a posse dos outros. Essa é a forma de amar da criança, pois ela não consegue pensar de maneira diferente. Ela não consegue entender que o outro não é ela. Quantas pessoas já adultas pensam assim, trata-se da incapacidade de amar, falta de maturidade. Todos os encontros de Jesus levam a implantação do Reino de Deus. Mas só pode implantar esse reino quem é adulto, que já entende que só se começa a amar a partir do momento, que eu não quero mudar quem eu amo. Geralmente quando tememos alguém ruim ao nosso lado, é porque nos reconhecemos naquela pessoa. Jesus não tinha o que temer porque era puramente bom, por isso contagiava os que estavam ao seu lado. Na maturidade de Jesus você encontra a capacidade imensa de amar o outro como ele é. Amar significa: amar o outro como ele é. Por isso quando falamos em amar os outros, podemos perceber o quanto deixamos de ser crianças. Devemos nos questionar a todo o momento quanto a nossa maturidade. A santidade começa na autenticidade. Por isso Jesus nos pede para ser como as crianças, que são verdadeiras e simples. É nisso que devemos manter da nossa infância e não a forma de possuir as coisas para si. Você tem condições para perceber a sua maturidade. É só observar se você é obediente mesmo quando não há pessoas ao seu redor. Você não precisa que ninguém te observe, pois você já viu aquilo como um valor. Pessoas imaturas sofrem dobrado. Pessoas imaturas querem modificar os fatos, pessoas maduras deixam que os fatos os modifiquem. A maturidade nos faz perceber que não podemos mudar os fatos. Um imaturo ganha um limão e o chupa fazendo careta. O maduro faz uma limonada com o limão que ganhou. Muitas vezes os nossos relacionamentos de amizade são uns fracassos porque somos imaturos. Amigos não são o que imaginamos, mas o que eles são e com todos os defeitos. Amizade é processo de maturidade que nos leva ao verdadeiro encontro com as pessoas que estão ao nosso lado. Elas têm todos os defeitos, mas fazem parte da nossa vida e não a trocamos por nada deste mundo. Isso porque temos alma de cristão e aquele que tem alma de cristão não tem medo dos defeitos dos outros, porque sabe que aqueles defeitos não serão espelhos para nós, mas seremos um instrumento de Deus para ele superar esse defeito. Padre só pode ser padre a partir do momento que é apaixonado pelos calvários da humanidade. Se você não consegue lidar com os limites dos outros, é porque você não consegue lidar com os seus limites. A rejeição é um processo de ver-se. Toda vez que eu quero buscar no outro o que me falta, eu o torno um objeto. Eu posso até admirar no outro o que eu não tenho em mim, mas eu não tenho o direito de fazer do outro uma representação daquilo que me falta. Isso não é amor, isso é coisa de criança. O anonimato é um perigo para nós. É sempre bom que estejamos com pessoas que saibam quem somos nós e que decisões nós tomamos na vida. É sempre bom estarmos em um lugar que nos proteja. Amar alguém é viver o exercício constante, de não querer fazer do outro o que a gente gostaria que ele fosse. A experiência de amar e ser amado é acima de tudo a experiência do respeito. Como está a nossa capacidade de amar? Uma coisa é amar por necessidade e outra é amar por valor. Amar por necessidade é querer sempre que o outro seja o que você quer. Amar por valor é amar o outro como ele é, quando ele não tem mais nada a oferecer, quando ele é um inútil e por isso você o ama tanto. Na hora que forem embora as suas utilidades, você vai saber o quanto é amado. Tudo vai ser perdido, só espero que você não se perca. Enquanto você não se perder de si mesmo você será amado, pois o que você é significa muito mais do que você faz. O convite da vida cristã é esse: que você possa ser mais do que você faz! ”

Oração para todo dia, Nossa Senhora de todos os Povos

SENHOR JESUS ​​CRISTO, Filho do Pai, envia-nos SEU ESPÍRITO NA TERRA. FAZER DO ESPÍRITO SANTO AO VIVO NO CORAÇÃO DE TODAS AS NAÇÕES, a ser preservado para o desastre, CORRUPÇÃO E GUERRA. QUE A SENHORA DE TODOS POVOS, que uma vez foi Maria, ser o nosso advogado. AMÉM

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Santa Catarina‏

Santa Catarina, Virgem e Mártir.Catarina nasceu na cidade egípcia Alexandria e cresceu como uma pagã, mas em sua juventude converteu-se ao cristianismo numa visão, Catarina foi transportada para o céu, encontrou-se com o menino Jesus e a Virgem Maria e, em êxtase, casou-se misticamente com Cristo, convertendo-se milagrosamente. Ela tinha , na época, dezoito anos de idade. Diz-se que ela visitou seu contemporâneo, o imperador romano Maximiano, e tentou convencê-lo do erro moral na perseguição aos cristãos. Foi então à"presença do imperador romano Maximino Daia, que perseguia violentamente os cristãos, censurando-o por sua crueldade. Apontou a limitação do imperador, por ser pagão, e afirmou que o seu Deus era o único realmente vivo e o seu Rei era Jesus Cristo". O imperador mandou prendê-la no cárcere até que viessem os 50 maiores sábios do mundo e a humilhassem por causa da sua argumentação aparentemente simples. .Quando chegaram, os sábios riram-se do imperador por tê-los convocado para contra-argumentar com uma simples garota. Porém, o imperador os advertiu que, se conseguissem convencê-la, ele os presentearia com os melhores bens do mundo; mas se não conseguissem, ele os condenaria à morte. Catarina foi tão plenamente sábia nas suas colocações e argumentos que mesmo perante esta ameaça os sábios não conseguiram convertê-la aos ídolos. Pelo contrário, vencidos pela eloqüência de Catarina, converteram-se ao cristianismo. Frustrado, o imperador mandou prender e torturar Catarina na masmorra. Visitada na prisão pela esposa do imperador e pelo chefe de sua guarda, Catarina os converteu, fazendo o mesmo com inúmeros soldados. Mais enfurecido ainda, o imperador mandou assassinar os sábios e sua esposa, lançou os guardas aos leões no Coliseu" e condenou a Santa à morte lenta na roda (instrumento de tortura que mutilava e causava grande sofrimento). Mas quando foram amarrar Catarina na roda, ela fez o sinal da cruz e a roda quebrou. Ao determinar sua execução, apareceu-lhe o Arcanjo Miguel para confortá-la e Catarina rezou suplicando que, em nome do seu martírio, Deus ouvisse as orações de todos aqueles que a ele recorressem e que tudo obtivessem por sua intercessão. Por fim, Catarina de Alexandria morreu decapitada mas ao invés de sangue saiu leite; por isso, as mães que amamentam recorrem também à sua intercessão.O corpo de Catarina desapareceu milagrosamente, sendo transportado por anjos para o topo de Jebel Katerina, o pico mais alto da península do Sinai. Três séculos mais tarde, o seu corpo, incorrupto, foi encontrado por monges e levado para o Mosteiro da Transfiguração, onde algumas das suas relíquias e o seu nome ficaram até hoje. Foi ouvindo a voz de Santa Catarina que Joana d'Arc encontrou a espada que usaria em sua missão e que mudaria a história da França. Junto de Santa Margarida e do Arcanjo São Miguel, era uma das vozes que falavam com ela e a instruíram na sua missão de salvar a França.Santa Catarina é considerada padroeira dos estudantes, filósofos e professores e também invocada pelos que trabalham com rodas e contra acidentes de trabalho. No Brasil, é a padroeira principal do Estado e da Ilha de Santa Catarina e co-padroeira da Catedral metropolitana de Florianópolis.

Jesus pede amor

Em 8/9/1922, Jesus apareceu como um pobre faminto e triste a irmã Josefa Menendez e disse: “Sacie a sede que tenho de que as almas me amem, mas principalmente minhas almas consagradas. Não sabe este sacerdote afastado o quanto o amo. Por isso, sua ingratidão me põe neste estado. Eu não olho a ação, olho a intenção. O ato mais pequeno feito com amor adquire tanto mérito e pode me dar tanto consolo... Não busco mais do que amor. Não peço mais do que amor.”

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Será durante o período da grande tribulação

Será durante o período da grande tribulação, marcado pela apostasia, perseguição aos cristãos e abominável desolação, que irão ocorrer os mais vistosos sinais. Entre eles, o " Sinal grandioso (Aviso) que vos será dado para que muitos possam acreditar". Na antiguidade ele era visto nesta Passagem do Apocalipse:"Vi, então, outro anjo que voava pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para anunciar aos habitantes da terra e a toda nação, tribo, língua e povo.Clamava em alta voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória, porque é chegada a hora do seu julgamento. Adorai aquele que fez o céu e a terra, o mar e as fontes".( Apocalipse 14,6-7) Este grande sinal é o tema básico das mensagens de Garabandal e mais recentemente ele foi prometido em Mdjugorje.

EQUILÍBRIO

Em tudo é necessário equilíbrio. Equilíbrio entre: Ser alegre, e não extrovertido no sentido negativo. Ser sincero,mas sem se machucar. Ser firme nas idéias, mas não arrogante. Ser humilde,e não submisso. Ser rápido, e não impreciso. Ser contente, e não complacente. Ser despreocupado, e não descuidado. Ser amoroso, e não apegado. Ser pacifico,e não passivo. Ser disciplinado,e não rígido. Ser flexivel, e não frouxo. Ser comunicativo,e não exagerado. Ser obediente, e não cego. Ser doce, e não melado. Ser moldável, e não tolo. Ser introspectivo, e não enclausurado. Ser determinado, e não teimoso. Ser corajoso, e não agressivo.

domingo, 18 de novembro de 2012

Bela mensagem de Jesus

Mensagem de Jesus em 29/11/2001: “Penitenciem, meus filhos, penitenciem. Peçam perdão de seus pecados, peçam perdão. Eu os perdoarei se me pedirem perdão, se desejarem ser perdoados. O pecado me ofende muito, mas tudo posso perdoar. Eu sou amor e misericórdia. Mas não posso perdoar uma pessoa se ela não desejar. Eu sou amor e lhes dou toda a liberdade. Só não façam o mal, pois com ele colherão muitos males e chorarão. É melhor vocês fazerem o bem e eu, que sou Deus, estarei mais perto de vocês. Quem está comigo é aquele que faz a vontade do meu Pai Celestial. Ele é amor e misericórdia. Deus é o Pai e o Espírito Santo de amor. Ele é um só Deus. Ele os ama e quer que todos sejam felizes. Se vocês não têm nenhuma alegria no coração é porque pecam muito. O pecado é tristeza e desgraça. Eu sou um Deus bom e compassivo. É este o recado que desejo deixar hoje para vocês.”

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

O DESAFIO DE VIVER A VOCAÇÃO CRISTÃ NO MUNDO DE HOJE

Vivemos num mundo onde os valores do poder, do ter e do prazer são objetos de adoração e de idolatria. A luta pelo poder torna as pessoas desumanas. As guerras, o ódio e as tensões ameaçam o mundo que já encontra-se dividido entre ricos e pobres e divida-se cada vez mais em bandos antagônicos e inimigos que lutam para aniquilar o adversário. A sexualidade tornou-se presa fácil e objeto de prazer despojando o ser humano de sua dignidade e intimidade. A vida em seu conjunto perde a dimensão fraternal e comunitária e torna-se uma guerra onde os homens se desumanizam a serviço de valores-objetos como o poder, o ter e o prazer. A secularização se expande cada vez mais e vai tomando conta das pessoas. O ser humano vai perdendo o sentido profundo de sua vida, sua razão de ser no mundo e tornando-se escravo de si mesmo, das leis criadas por ele mesmo e da máquina que deveria estar ao seu serviço. É dentro dessa realidade toda que nos encontramos como pessoas cristãs, chamadas a transformá-la, vivendo o compromisso que assumimos no Batismo. Lembro-me que, em 1989, o Papa João Paulo II fazia um apelo aos jovens da época, muito válido aos jovens e a todos os cristãos de todos os tempos: “… não tenhais medo de ser santos! Tende a coragem de buscar e encontrar a verdade, para além do relativismo e da indiferença daqueles que tendem a edificar o nosso mundo como se Deus não existisse. Jamais sereis desiludidos se conservardes como ponto de referência na vossa busca, Cristo, verdade do homem. A revelar o mistério do Pai e do seu Amor, Ele ‘manifesta perfeitamente o homem ao próprio homem e descobre-lhe a sublimidade de sua vocação’ (GS 22). Tende a coragem da solidariedade, na Igreja e no mundo: convidai todos a serem, juntamente convosco, os artífices da ‘civilização do amor’, que o evangelho exige que edifiquemos, superando as divisões e os ódios que se escondem no coração humano, reconciliando os homens com as criaturas, os homens entre si e os homens com Deus. Eis aqui o enorme projeto que se vos apresenta. Compete-vos pô-lo em prática! … Ide também vós, por todos os lugares, sempre conscientes do desejo de (Jesus) Cristo: ‘Vim lançar fogo sobre a terra; e que quero eu senão que ele se tenha ateado?’ (Lc 12,49). Fazei com que arda este fogo que Jesus trouxe, o fogo do Espírito Santo, que queima toda a miséria humana, todo o mesquinho egoísmo, todo o mau pensamento. Deixai este fogo que se propague em seu coração”. (L’Osservatore Romano, nº 39/09/1991). Em março de 1991, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, entre outras, o Papa dirige estas palavras à juventude em cadeia de rádio: “É tarefa dos jovens lembrar à humanidade, por palavras e pelo testemunho, que Deus é Pai de todos. (…) Exorto-vos a colocarem Cristo no centro de vossas vidas e a darem testemunho de Cristo, para construírem um mundo mais justo e mais fraterno”. O desafio está lançado, transformar este mundo que está se estruturando como se Deus não existisse, de tal forma que as pessoas estão caindo na solidão, no vazio: drogas, alcoolismo, depressão, prostituição, ganância, corrupção, abortos, violência ... e aumenta cada vez mais o numero dos suicídios. O homem vai se afastando cada vez mais de Deus e atraindo para si a morte, pois está esquecendo que Deus é o princípio, o fim e a presença da vida. Ele é a Vida. O homem está esquecendo que é imagem e semelhança de Deus. Que Deus lhe preparou todo um universo, o ambiente da vida, e que é a presença de Deus, a união, a intimidade com Ele que mantém a vida. Estamos esquecendo que Deus se fez um de nós, encarnou-se, veio recuperar, resgatar em nós esta imagem e semelhança sua maculada pelo pecado. Que Ele veio resgatar e nos mostrar pessoalmente a dignidade da vida. Esta perda da consciência daquilo que somos é visível. Basta nos perguntar sobre a postura que temos diante da vida. Basta ver a realidade do matrimônio e da família como centro de formação da vida. Olhar para o número de abortos praticados a cada ano. E tantas outras realidades onde as cenas de morte parece ser normais nos dias de hoje. A proposta de Jesus vem ao encontro de todas essas realidades como uma proposta de VIDA, proposta de amor. Jesus Cristo nos revela que o Pai é AMOR, que ele quer a vida de seus filhos, pecadores, e não a morte. Já o Livro de Ezequiel nos aponta para esta vontade do senhor quando diz: “Certamente não tenho prazer na morte do ímpio; mas antes na sua conversão, em que ele se converta do seu caminho e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos. Por que haveis de morrer, ó casa de Israel” (Ez 33,11). Já Lucas nos apresenta as seguintes palavras de Jesus: “Os sãos não têm necessidade de médico e sim os doentes; não vim chamar os justos, mas sim os pecadores, ao arrependimento” (Lc 5,31). Cristo tem uma proposta concreta, baseada no mandamento do amor. Esta proposta se concretiza em várias dimensões: PERDÃO – Deus nos perdoa e vem fazer-se presente no meio de nós. Ele mostra que o perdão é essencial como caminho, como condição para voltar à verdadeira vida. Cristo é a união de Deus com os homens e disse: “Eu vim para que todos tenham vida” ( Jo 10,10). ANÚNCIO DA BOA NOVA – Cristo ensina ao mundo qual é a Vontade de Deus, ou seja, o que é essencial para a vida do ser humano. TESTEMUNHO – Cristo dá a sua vida pela nossa vida. Testemunha, vive tudo o que fala, e finalmente morre na cruz para nos reconciliar plenamente com Deus. VIDA ETERNA – Ressurreição. Nos dá a razão, o sentido da fé. Garante-nos a eternidade. Cristo mostra que todos são filhos de Deus e têm os mesmos direitos diante de Deus. Sua proposta é de fraternidade, de encontro e união entre todos. Para que isto aconteça, Ele propõe o AMOR: amor a tal ponto de amar os inimigos. Sua proposta é radical. Vai contra os valores individualistas do mundo. A fim de que mude a situação de pecado é necessário que haja a conversão. A conversão é um “parto doído”, um sair das estruturas de pecado (do individualismo), para entrar numa nova estrutura: a comunidade do amor. Nós já fomos perdoados por Cristo, através do seu mistério Pascal. Pelo Batismo assumimos o compromisso com Cristo: tornamo-nos cristãos. Somos herdeiros de Deus, elevados por Cristo à condição de filhos (cf. Gal 4, 1-7). Ser cristão é reproduzir hoje a imagem de Cristo em nós. É perdoar a ponto de amar o inimigo. É anunciar ao mundo a Boa Nova que assumimos, testemunhando-a com a vida. Fazer do Evangelho, dos valores do reino a nossa conduta de vida. Viver o Evangelho no mundo de hoje como viveram as primeiras comunidades cristãs em seu tempo e em seu mundo (cf. At 2, 42 ss). Encontrar formas de mostrar ao mundo de hoje os valores nops quais nós acreditamos. Ter uma postura de vida coerente: traduzir a fé em gestos concretos, em atitude permanente. Tantas vezes temos medo de ser diferentes. Esquecemos que se é necessário conversão, temos que ser o testemunho vivo daquilo que diferencia a situação. Ser cristão hoje, necessita “nadar contra a correnteza” que o mundo apresenta. E o próprio cristo nos alerta que o mundo nos odiará. Por isso Ele pede para vigiarmos sem cessar. Portanto, é necessário perseverar na luta. E todos sabemos como isso é difícil. Mas o próprio Cristo nos mostra que o reino de Deus é conquistado com esta força: a força da nossa vontade, consoante com a vontade e a graça de Deus que se faz presente. Para isso, necessitamos da oração, da leitura e reflexão da Palavra de Deus, do silêncio e da escuta, a fim de descobrirmos a Vontade de Deus que nos levará à caridade, à vivência desta proposta. Tudo isto começa pela fé em Jesus Cristo. Como poderemos manifestar o nosso testemunho ao mundo se não estivermos convictos de que aquilo no que e em Quem acreditamos é a Verdade? Nós afirmamos que Deus é Amor, é Vida, é Pai. Não estamos satisfeitos com a situação do mundo hodierno. Dizemos que o Evangelho é Verdade... Mas, nos perguntemos agora: quanto tempo por dia dedicamos à leitura e à meditação da Verdade – da Palavra de Deus? Como está a nossa frequência à Eucaristia? Como tornamos presente, no cotidiano da vida, o Cristo que recebemos na Palavra e na eucaristia? Façamos um exame de consciência. Nós, cristãos, temos as três grande virtudes: Fé, Esperança e Caridade. Estas virtudes nos identificam como cristãos. Mas, se não as vivermos, que esperança, que sinal seremos para o mundo? Não seremos sal e luz para o mundo. Como é triste um cristão sem esperanças! Se a nossa vida no dia-a-dia, o nosso modo de ser e de viver, a partirem das menores coisas e momentos que sejam, a nossa honestidade, coerência, caridade, fidelidade, não esquentarem o coração das pessoas, não as atraírem para Deus, estamos sendo falsos cristãos, nossa vida não está sendo de acordo com a nossa fé. Nosso momento é agora. Não importa os passos dados, mas os que estamos e estaremos dando a partir de agora. Que São Paulo, o perseguidor que converteu-se no maior missionário e testemunho de Cristo de todos os tempos, nos sirva de modelo e inspiração em nossa vivência cristã do dia-a-dia. Pe. Royk -- Edson Almeida Feira de Santana - Bahia

sábado, 10 de novembro de 2012

‘O Saldo do Tempo!!!’

Muitas vezes deixamos de realizar nossos sonhos por vários motivos. Um desses motivos, em geral, dizemos ser a “Falta de Tempo” O Tempo, como sabemos, é um bem muito valioso, e que se não for usado de forma adequada não há como recuperá-lo. Imagine que você tenha uma conta corrente e a cada manhã você acorda com um saldo de R$ 86.400,00. Só que não é permitido transferir o saldo para o dia seguinte. Todas as noites o seu saldo é zerado, mesmo que você não tenha conseguido gastá-lo durante o dia. O que você faz ? Você iria gastar cada centavo é claro! Todos nos somos clientes deste banco que estamos falando. Se chama "TEMPO". Todas as manhãs, é creditado para cada um 86.400 segundos. Todas as noites o saldo é debitado como perda. Não é permitido acumular este saldo para o dia seguinte. Todas as manhãs a sua conta é reinicializada, e todas as noites as sobras do dia se evaporam. Não há volta. Você precisa gastar vivendo no presente o seu depósito diário. Invista, então no que for melhor, na sua saúde, felicidade, sucesso! O relógio esta correndo. Faça o melhor para o seu dia-a-dia. * Para você perceber o valor de "um ano", pergunte a um estudante que repetiu de ano. * Para você perceber o valor de "um mês", pergunte para uma mãe que teve seu bebê prematuramente. * Para você perceber o valor de "uma semana", pergunte a um editor de um jornal semanal. * Para você perceber o valor de "uma hora", pergunte aos amantes que estão esperando para se encontrar. * Para você perceber o valor de "um minuto", pergunte a uma pessoa que perdeu um trem. * Para você perceber o valor de "um segundo", pergunte a uma pessoa que conseguiu evitar um acidente. * Para você perceber o valor de "um milésimo de segundo", pergunte a alguém que venceu a medalha de prata em uma olimpíada. Valorize cada momento que você tem! E valorize mais porque você deve dividir com alguém especial, especial o suficiente para gastar o seu tempo junto com você. Lembre-se, o tempo não espera pôr ninguém. Ontem é história. O amanhã é um mistério. Hoje é uma dádiva. Pôr isso é chamado de PRESENTE. .... Vamos usar esse PRESENTE em favor de nossos sonhos. -- Edson Almeida Feira de Santana - Bahia

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Sacerdote é condenado pela justiça , por chamar uma abortista.....de abortista!!‏

ALERTA MÁXIMO: A DITADURA "DA CULTURA DA MORTE" ESTÁ IMPLANTADA NO BRASIL Sacerdote é condenado pela justiça , por chamar uma abortista.....de abortista!! Um sacerdote católico é condenado pela justiça de Brasília por chamar de “abortista” uma antropóloga que promove o aborto legal. O caso vem repercutindo na mídia brasileira e no exterior. Transcrevemos a nota da agência ACI. Um tribunal de Brasília abriu um perigoso e para alguns absurdo precedente contra os que defendem a vida no Brasil, ao condenar a um sacerdote a pagar uma multa por usar a palavra “abortista” para referir-se à antropóloga Débora Diniz Rodrigues, conhecida defensora do aborto e diretora do Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero. Na semana passada, a 1º turma de recursos dos tribunais especiais do DF condenou ao presidente da Associação Pro-vida de Anápolis, Padre Luiz Carlos Lodi da Cruz, a pagar uma indenização de quatro mil e 200 reais por supostos danos morais contra Diniz. Além disso, os juizes proibiram ao pe. Lodi utilizar a palavra “abortista” para qualificar a quem defende o aborto. Ao conhecer a sentença, o consternado sacerdote não teve outro remédio a não ser perguntar qual “adjetivo utilizar então, para alguém que defende o aborto, pois certamente quem defende o divórcio não se ofende ao ser chamado divorcista, nem o partidário do comunismo por ser chamado comunista”. Segundo o pe. Lodi, “faltou indicar aos magistrados qual é palavra aceita em nossa língua que tenha o mesmo significado sem ser ofensiva, para designar a quem é abertamente defensor do aborto”. A sentença foi questionada por sua falta de sustentação lógica e jurídica. A corte de apelações desprezou um pedido de revisão e o único recurso possível para o sacerdote é o Supremo Tribunal Federal (STF). Em um artigo recente, o pe. Lodi assinalou que a decisão judicial é histórica, pois é a primeira vez que um grupo de juízes condenam a uma entidade de beneficência, sem fins de lucro, a pagar uma quantidade capaz de levá-la à insolvência, ao mesmo tempo, é a primeira vez que uma decisão colegiada impõe silêncio aos que defendem a vida. ______________________________________________________ O Padre Lodi, é um grande defensor da vida e é presidente da Associação Pró-Vida de Anápolis (http://www.providaanapolis.org.br/index1.htm). Hoje faz 5108 dias que o ex-Ministro José Serra assinou a Norma Técnica do Aborto em 9 de novembro de 1998. Hoje faz 2880 dias que o ex-Ministro Humberto Costa divulgou mais uma Norma Técnica do Aborto em 15 de dezembro de 2004. Hoje faz 2781 dias dias que o presidente Lula sancionou a Lei de Biossegurança, que permite a destruição de embriões humanos, em 24 de março de 2005. Hoje faz 2620 dias dias que o Ministro Saraiva Felipe editou a portaria 1508, que oficializou a prática do aborto no SUS, em 1º de setembro de 2005.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Reflexão para o ano da Fé

O ano da Fé começou no dia 11/10/2012. Reflita a mensagem de Nossa Senhora em Divinópolis em 11/10/2002: “Vocês vão consolar Jesus sendo melhores, sendo bons, boas pessoas, amáveis, dóceis, sensíveis aos outros, amorosos. Isso consola Jesus mais do que qualquer sacrifício. Consolem Jesus com seus sacrifícios, meus filhos! Ele é ofendido continuamente com sua vida má e sem santidade. Isso dói em seu Coração! Ele está triste demais! Olhem o mundo como está hoje: uma baderna. Quase todos fazem o que querem, vivem do jeito que querem no caminho da perdição e do pecado. Quantas almas já foram perdidas e foram para o inferno! São muitas, infelizmente, tristemente... Elas se perderam seduzidas por satanás e escolheram o caminho da perdição. Digam aos seus irmãos que se convertam! Filhinhos, eu sou sua Mãe e os previno. Alerto e suplico a vocês. Escutem sua bondosa Mãe falar e ouçam seus apelos maternais e urgentes. Adeus, meus filhos tão queridos. Eu amo vocês e estarei sempre presente em suas vidas.”

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Mensagem de Jesus ao profeta Pedro II

Mensagem de Jesus ao profeta Pedro II no dia 13.10.12 Compadecei-Vos Senhor, por essas pessoas que não conseguem enxergar a Verdade por falta de um bom orientador. Se eles conhecessem o meu trabalho talvez mudassem, para seguir este caminho em que estamos, que é a Verdade iluminada pelo Espírito Santo. Amém. O direito canônico só se dá à pessoa que respeita pelo menos as coisas sagradas, fora disso não terá perdão. Felizes são vocês que não veem, mas creem. A única razão de ser perdoada, tal pessoa, é esta. O restante já se condenou, não por Mim, mas por eles mesmos. O clérigo da Minha Igreja está vendo o fracasso, dia após dia, é um querendo ser mais do que o outro. O distúrbio começa por aí, os Meus Ensinamentos anularam, querendo fazer justiça por eles mesmos, mas estão se esquecendo que, depois do Concílio Vaticano II o rito da Santa Missa vem mudando, isto prova que Meu Santo Espírito presente não está mais. Tudo isto tinha que acontecer, porque foi o diabo que Me pediu. Eu, Jesus, só permiti para completar o que os profetas escreveram. Esperei João Paulo II sair para dar tempo ao tempo. Talvez Meu filho, tu não sabes o que é isto, mas terás em mãos tudo aquilo que ficou reservado por muitos anos, como toda profecia já está se cumprindo, agora só resta Meu Santo Pai dar o último Sinal, como já está aparecendo em vários países, como rios vermelhos, sinal no sol, tempestades por todos os lados e os criminosos invadindo a Terra inteira, não conseguindo mais as famílias cristãs viver em paz. Tudo isto faz parte da ira do Meu adversário, por isso Eu, Jesus, vos peço, fiquem de prontidão, rezem sempre, não se afastem mais de Mim porque Eu Sou a única vossa segurança. Obrigado Jesus, por nos orientar. Agradeço de todo meu coração. Jesus e Pedro II

terça-feira, 16 de outubro de 2012

" DEUS NOS COLOCOU NESTE MUNDO PARA OS OUTROS". ( Dom Bosco)

Caros(as) irmãos(as), amigos e amigas, Salve Os Corações de Jesus e Maria!!! Evangelizamos através dos meios de comunicação e nossa Obra, incluíndo também esta nossa Rádio Web Sagrados Corações é mantida através de doações espontâneas de pessoas que, como você também sonham na construção da Civilização do Amor e da Paz. Com um mundo onde DEUS esteja em primeiro lugar na vida das pessoas e de nossas famílias. Nos ajude a manter esta Obra no Ar! Faça a sua doação espontânea( de qualquer valor), no: BANCO DO BRASIL AGÊNCIA: 1185-1 CONTA: 15.265-X VARIAÇÃO: 51 DEUS CONTA COM VOCÊ PARA SALVAR MUITAS ALMAS. Desde já DEUS e NOSSA SENHORA lhes pague e recompense eternamente. Dúvidas ou Maiores Informações, Entrem em contato CONOSCO através dos seguintes meios: * E-mail: heliopacifico7@hotmail.com * FONES.: ( 074) 8115-0742 ( Claro) (074)9189-3595 ( Tim) DEUS VoS ABENÇOE!!! SAlVE MARIA!!! EM JESUS E MARIA, Hélio Moraes Pacífico

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Decidir-se pelo Senhor!

Renan Felix Jesus está subindo para Jerusalém. Durante o caminho, alguém vem ao Seu encontro. Vamos também nós, pela Palavra, ao encontro do Senhor! O Evangelho (Mc 10,17-30) apresenta uma pessoa que cai de joelhos diante de Jesus e lhe faz uma pergunta: “Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?”. Ele responde com a segurança de quem conhece o coração que está diante Dele, todo o esforço, mas também o que lhe falta: “Jesus, fitando-o, com amor, lhe disse: ´Só te falta uma coisa: vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me`” Quem está ali, diante de Jesus, passou a vida inteira tentando cumprir os mandamentos, fazendo tudo muito bem, mas com o coração longe de Deus. Acabou não cumprindo verdadeiramente os mandamentos, pois não amava a Deus sobre todas as coisas. Jesus, como que tentando resgatar toda a luta de vida daquele “alguém”, olha-o com a força do Seu olhar, da Sua Palavra, do Seu chamado, mas não consegue. Na sua liberdade, aquela pessoa vai embora, cheia de tristeza, sem se deixar atingir, pois não quis deixar, renunciar, não permitiu que o amor de Deus desse sentido a tudo o que já tinha conquistado. Não decidiu pelo Senhor! Eu e você podemos passar a nossa vida inteira fazendo coisas para o Senhor, sem decidirmos por Ele. Tornando-nos meros funcionários, mas não discípulos. Só quem se deixou apaixonar é capaz de renunciar, de deixar tudo – todo dia – e se decidir por Jesus. Somente quem o ama verdadeiramente é capaz de segui-lo! Deus está nos convocando a uma revisão de vida! Ele não vai desistir de nós, sempre nos olhando com amor para nos trazer de volta. Deixemo-nos atingir por esse olhar! Que o Senhor nos dê a graça de sempre decidirmos por Ele! Deus abençoe! Texto extraído da Revista Canção Nova – outubro/2012

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A PERFEITA ORAÇÃO DE UM CORAÇÃO

Montado em seu cavalo, um rico fazendeiro dirigia-se à cidade como fazia freqüentemente, a fim de cuidar de seus negócios. Nunca prestara atenção àquela casa humilde, quase escondida no desvio da estrada e, naquele dia, experimentou a insistente curiosidade. Quem morava ali? Cedendo ao impulso aproximou-se contornou a residência e, sem desmontar, olhou por uma janela aberta e viu uma garotinha de aproximadamente dez anos, ajoelhada, mãos postas, olhos lacrimejantes. Ele então pergunta: Que fazes você aí minha filha? Estou orando a Deus pedindo socorro! Meu pai morreu, minha mãe está muito doente e meus quatro irmãos têm fome. Que bobagem, o Céu não ajuda ninguém. Está muito distante e temos que nos virar sozinhos. Embora irreverente e um tanto rude, era um homem de bom coração. Compadecendo-se, tirou do bolso uma boa soma de dinheiro e entregou à menina. Aí está. Vá comprar comida para os irmãos e remédio para a mamãe e esqueça a oração. Isto feito, retornou à estrada. Antes de completar duzentos metros, decidiu verificar se sua orientação estava sendo observada,mas para a sua surpresa, a pequena devota continuava de joelhos. Ora essa menina, porque não vai fazer o que recomendei - não lhe expliquei que não adianta pedir? Então a menina feliz respondeu: Já não estou mais pedindo - eu estou apenas agradecendo pedi a Deus e ele enviou o senhor. ___________ Lembra - te sempre : Em uma oração contrita - há muito poder. Paz e Bem

sábado, 6 de outubro de 2012

Mais amor a Deus

de Nossa Senhora em Divinópolis em 16/9/2002 – “Cadê o amor de vocês que ainda não se amaram? Não conhecem Jesus? Filhinhos queridos, é preciso amor e eu virei até vocês junto com Jesus, o grande, o Deus que tem o poder, a honra e a glória. Ele pode tudo, tudo mesmo. Por que não se confiam a Ele? Por que ainda não se jogaram aos seus Braços? Por que não puseram suas mãos e pés nas Chagas Dele? Ele é tão lindo. Se o vissem, ficariam maravilhados. Rezem, filhinhos, junto ao Sacrário em especial. Hoje eu peço isso. E terão graças e bênçãos em suas vidas. É preciso consolar Jesus. Ele está triste com o que acontece no mundo, com a impureza e o aborto, com os pecados dos sacerdotes e religiosos que levam gravemente uma vida desregrada. Rezem por eles. Rezem comigo. Eu intercedo pelos padres e religiosos, mas quase nenhum de vocês reza por esta intenção. É preciso que os sacerdotes e religiosos amem o próximo e sejam vida, que eles tenham vida, a vida e o amor que Jesus lhes dá. Ele é tão abandonado ultimamente... Quase ninguém vai lá visitá-lo num Sacrário das igrejas. Poucos vão à Missa por amor e dedicação a Ele. A maioria vai por obrigação, por hábito. Não, Jesus não quer assim. Ele não quer que vão à Missa obrigados e levados pelo impulso de todos estarem indo. Ele quer que vão à Missa por vontade própria. Vão à Missa para se encontrarem com Jesus, para amá-lo como Ele merece. Ele merece todo o amor de vocês. Ele fez tudo por vocês. Amem Jesus. Cadê o seu amor para com Deus? Vocês amam seu pai, sua mãe, seus irmãos, parentes, amigos, namorado, esposa, filhos, tudo o mais, todos os que conhecem. E a meu Filho Jesus, vocês amam verdadeiramente como devem amá-lo? De todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu pensamento? Adeus, meus queridos filhos.”

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Vida

“A vida é uma oportunidade, aproveite-a... A vida é beleza, admire-a... A vida é felicidade, deguste-a... A vida é um sonho, torne-o realidade... A vida é um desafio, enfrente-o... A vida é um dever, cumpra-o... A vida é um jogo, jogue-o... A vida é preciosa, cuide dela... A vida é uma riqueza, conserve-a... A vida é amor, goze-o... A vida é um mistério, descubra-o... A vida é promessa, cumpra-a... A vida é tristeza, supere-a... A vida é um hino, cante-o... A vida é uma luta, aceite-a... A vida é aventura, arrisque-a... A vida é alegria, mereça-a... A vida é vida, defenda-a...” (Madre Teresa de Calcutá)

Os protestantes e Nossa Senhora

Um grupo de teólogos luteranos (protestantes) da Alemanha Oriental publicou um texto denominado “Manifesto de Dresden”, na revista “Spiritus Domini”, número 5, em maio de 1982. Eis alguns trechos: Em Lourdes, em Fátima e em outros santuários marianos, a crítica imparcial se encontra diante de fatos sobrenaturais, que tem relação direta com a Virgem Maria, seja mediante as aparições, seja por causa das graças milagrosas solicitadas pela sua intercessão... Somente Deus pode permitir que Maria se dirija ao mundo, através de aparições. Não nos arriscamos talvez a cometer um erro fatal, fechando os olhos diante de tais realidades e não lhes dando atenção alguma? Cristãos Evangélicos da Alemanha, deveremos talvez continuar a opor-lhes recusa e indiferença? Continuaremos a nos comportar de modo que o inimigo de Deus nos mantenha em atitude de intencional cegueira? Não deveremos talvez abrir o nosso coração a esta luz que Deus faz brilhar para a nossa salvação?... Seria o cúmulo da tolice ignorarmos a voz de Deus que fala ao mundo, pela mediação de Maria, e dar-lhe as costas, unicamente, porque Ele faz ouvir sua voz através da Igreja Católica. Poderia acontecer que, rejeitando ou ignorando a mensagem que Deus nos faz chegar através de Maria, estejamos recusando a última graça que ele nos oferece para a nossa salvação...No seu Magnificat, Maria declara que todas as gerações a proclamarão bem-aventurada até o fim dos tempos. Todos nós verificamos que esta profecia se cumpre na Igreja Católica e, nestes tempos dolorosos, com intensidade sem precedentes. Na Igreja Evangélica, tal profecia caiu em tão grande esquecimento que dificilmente se encontra algum vestígio da mesma. Ainda uma vez estas reflexões nos impõe o dever de examinaros fatos acima citados e de tirar dos mesmos todas as conclusões pertinentes.” Fonte: Apostolado Spiritus Paraclitus

domingo, 23 de setembro de 2012

Aquilo que agrada e o que não agrada a satanás - Padre exorcista Pelegrino Maria Ernetti‏

O Padre Pelegrino Maria Ernetti, falecido já faz alguns anos, era monge beneditino na Abadia de São Jorge Maior em Veneza, onde recebia centenas de pessoas por semana para serem exorcizadas. Era conhecido pelos seus estudos bíblicos e teológicos. Os seus conhecimentos nas variadas ciências eram notáveis, os quais constituíram pontos seguros de referência para os fiéis que vinham até ele não só de toda a Itália, mas também do exterior, porque era o mais preparado exorcista do seu tempo. Padre Pellegrino numa entrevista feita com ele, pelo jornalista Vincenzo Speziale, dizia que hoje o mal (e todos nós lamentamos) está se alargando sempre mais no mundo inteiro e nas mais variadas e refinadas manifestações. Quem reage? Quem luta? Quem pega as armas da fé? Não se pode pretender plantar a semente do bem e que esta depois possa brotar e produzir frutos, se primeiro não limpamos este terreno dos espinhos e dos espinheiros do demônio. Vã seria toda pastoral que não integrasse esta tática de trabalho espiritual, porque os eleitos são aqueles que venceram o dragão no Sangue do Cordeiro. A pastoral começa aqui e esta não consiste em constituir grandes edifícios, oratórios, operas paroquiais etc... quando, depois o sacerdote não se encontra mais no confessionário. Isso porque hoje, com várias desculpas, os sacerdotes não estão mais à disposição das almas, não confessam mais, consideram a confissão como última coisa... Isto é errado, porque este é o maior Sacramento que existe, pois luta contra o demônio lavando as almas no Sangue de Jesus. A Confissão não tira somente o pecado da alma, mas nos dá uma couraça com a qual podemos lutar contra o demônio. Eu tenho uma grande, mas terrível experiência sobre isto! Então recorramos com frequência a este grande Sacramento. Quem nos purifica dos nossos pecados? O Sangue de Cristo! Quem nos Santifica? O Sangue de Cristo! Quem nos dá força de lutar contra os nossos inimigos espirituais? O Sangue de Cristo! Mas quem administra o Sangue de Cristo se não existem os sacerdotes disponíveis nos confessionários? Estes pensam nos carros, pensam apenas em correr pra lá e pra cá, para não falar de outras coisas pecaminosas. A certa altura o jornalista pergunta: Que coisa agrada o demônio, que coisa não agrada ao demônio? Padre Pellegrino respondeu: Presta atenção agora. Os exorcistas não pensaram naquilo que estou tentando fazer, pois se fizessem todos nesta hora poderíamos ter volumes e volumes do que quer ou não quer o demônio. Eu depois de exorcizar uma pessoa austríaca, comecei a fazer registrar e gravar pelos meus colaboradores tudo e assim pouco a pouco, veio de muitos exorcismos, uma catequese contra o demônio. Peço-te para publicá-la toda, pois talvez se tirará o máximo proveito de todas as perguntas. Comecemos com aquilo que agrada aos demônios: Primeiro----- Receber a Eucaristia na mão--- Assim posso pisotear o vosso Deus, aquele Deus que eu matei, e posso celebrar as minhas missas negras com os meus sacerdotes que eu arranquei dEle. Segundo-----Os padres sem batina - vestidos de faxineiros, “camuflados" assim os levo onde quero eu, nos motéis, nas casas particulares a procura de mulheres e de homossexuais, e faço cometer muitos sacrilégios e os levo para o meu reino! Quantos e quantos padres mimetizados estão no meu reino! E não me escaparão jamais (aqui seguem rizadas para dizer a verdade, chocantes) Terceiro-----Os padres e os Bispos na maçonaria e nas minhas seitas. Oh, quantos, oh, quantos eu os levo com as mulheres... Quantos, quantos se tornam meus fieis ...com o dinheiro e com as mulheres ...eu os conquisto quantos eu quero, os levo para o meu reino. Quarto----As saias curtas---Com as quais eu arrasto homens e mulheres e encho o meu reino... Que contente... Que alegria. (Moda indecente) Quinto----A televisão-----Uh, a televisão.. É o meu aparelho, eu o inventei... Para destruir as almas solitárias e as famílias... as separo, desagrego-as com os programas meus, sutilíssimos e penetrantes... Uh, a televisão é o centro de atrações com os quais eu atraio muitos padres frades e freiras especialmente nas horas miúdas, e depois eu não deixo mais rezar...num minuto eu me apresento no mundo inteiro...me escutam e me veem, todos...me ajudam muito bem os meus fiéis servos, os magos, as bruxas, cartomantes quiromantes e astrólogos...(os pontinhos indicam o prosseguimento do discurso, as pausas feitas pela possessa, e risadas que de humano não tem mesmo nada) Sexto ----As discotecas: Que maravilha... São os meus palácios de ouro onde eu atraio as melhores esperanças da sociedade que eu faço minhas destruindo as suas almas e os seus corpos... Quantos milhares e milhares eu levo comigo com o álcool, com as drogas e com o sexo... Oh, que contínua colheita! Eu confiei-as a muitos políticos, meus fiéis servos, consagrados... Eu sou o verdadeiro rei do mundo, e não mais o vosso Deus, que eu crucifiquei. Sétimo----O divórcio... A separação dos casais. Foram inventadas por mim, reivindico a propriedade... E' uma das minhas mais inteligentes descobertas... Assim destruo a família e destruo a sociedade, onde eu sou adorado como verdadeiro rei do mundo... O sexo... O sexo... Não escutem aquele Homem enforcado na Cruz que não vos dá nada... O verdadeiro prazer vos dou somente eu com o sexo libero...o meu reino é sobretudo liberdade do prazer sexual com o qual reino sobre a terra. Oitavo-----O aborto... A matança dos inocentes. Oh.... urrah! urrah! Foi a minha descoberta mais linda e mais gostosa! Matar os inocentes em vez dos culpados e dos homicidas da máfia! Destruo a humanidade e assim terminam antes de nascer! Menos adoradores do vosso falso Deus... urrah! urrah! Nono----As drogas: E' o alimento mais gostoso que eu faço comer aos jovens para deixá-los loucos... e assim eu faço deles o que quero... Ladrões... Assassinos, luxuriosos... Ferozes como eu... Dominadores do mundo...meus ministros. Décimo--- Maus Padres - Sobretudo me agradam e me alegram aqueles bispos e aqueles padres que negam a minha existência e a minha obra no mundo: e são muitíssimos... oh que alegria, que alegria pra mim...trabalho tranquilo e seguro...até os teólogos hoje não creem na minha existência....que beleza...e assim também aquele Deus que veio para me destruir ...ao contrário eu o venci... Preguei Ele na Cruz...hahahahahahah..! Bacanas estes padres... bacanas demais estes bispos... bacanas estes teólogos....são todos meus fiéis servidores...eu faço o que quero deles...são meus agora ...os levo onde quero...vestidos de coveiros...com o cigarro na boca...perfumados como bobos... a procura mulherzinhas ...com o carrão na última moda ...cheios de dinheiro... Se revoltam contra os dogmas do falso Deus e da falsa Igreja Daquele Crucificado, minha vítima... São os soldados mais seguros do meu reino, cheio, cheio deles... Com eles, ponho confusão e dúvida no povo, que se afasta sempre mais do falso Deus... E levo no meu reino de ódio e desesperação eterna... Para sempre comigo, comigo, ha ha ha ha ha ha ! Quantos destes, eu fiz inscrever nas minhas seitas... Regozijantes da minha carreira e do meu dinheiro... Os compro facilmente... Porque finalmente consegui fazê-los não amar mais nem aquele falso Deus deles e nem aquela Mulher que pretende ter-me vencido. Décimo primeiro----Os políticos que se declaram cristãos----mas que cristão não são, porque estão ao meu serviço... Apresentando-se, porém como cristãos, enganando tantas pessoas que os seguem onde eu astutamente os levo... Venham comigo, sim comigo a roubar alegremente o dinheiro do povo, dinheiro que custa suor e lagrimas de trabalho sofrido; dinheiro arrancado das famílias pobres com taxas iniquas, impostas destes políticos que engordam, desgastam, gastam e consomem sem limites...entretanto eu faço eles fazerem declarações de retidão, de bondade, de obséquio, de lealdade e de sinceridade cristã, tais que fazem cair até os padres e bispos com eles... O dinheiro é a minha arma mais eficaz; padres e bispos fecham os olhos sobre estes políticos, meus servos e escravos... Basta que eles encontrem o dinheiro para construir ou restaurar igrejas, asilos, casas paroquiais belas e cômodas, orfanatos... São os meus sacristãos mais fiéis, por meio dos quais posso penetrar nas casas do clero, obediente ao meu dinheiro... Aliás, não foram estes políticos que assinaram o adultério do divórcio e do aborto? Mas o clero... Faz a propaganda deles como eu desejo. (Dinheiro da maçonaria, doado aos padres para obras, mas consagrado antes a satanás). Décimo segundo----- Os políticos que se chamam leigos-----São os futuro do meu reino... Suas mentiras estudadas com arte, seus abusos diligentemente realizados, seus latrocínios mafiosamente perpetrados, seus complôs diplomaticamente executados, seus maus costumes capilarmente difundidos por todas as mídias, seus homicídios, seus raptos organizados à mão armada, a difusão das varias drogas através o silencio rigidíssimo da hombridade politicamente organizada, e tantos outros delitos e desordens sociais, são todas obras que eu realizo através do trabalho destes políticos, meus seguidores e ungidos fidelíssimos... Têm de mim o mandato exato para usar todos os meios e as maneiras mais infernais para destruir a sociedade, infelizmente ainda ligada Àquele Crucificado que eu enforquei sobre a lenho infame... Destruir, destruir... Estes políticos são os meus discípulos e seguidores preferidos, porque obedientíssimos ao meu aceno somente, sem nem mesmo que percebam... São estes que me organizam em todas as cidades e países as lojas maçônicas mais ativas e sutis, mais espertas e de importância, sempre dando dinheiro, carreira e prazer sexual... São estes que recebem os meus comandos exatos para penetrar e destruir internamente a Igreja... Quantos eclesiásticos cederam e continuam a ceder às propostas e as colaborações em dinheiro ou carreira... destruir a Igreja è o meu primeiro e ideal projeto...oh que contente...que contente...Com estes fidelíssimos políticos comecei já há muito tempo a destruir a sociedade em todos os seus setores e graus e em todos os ambientes, desestabilizando as ordens de segurança pública, da economia, da diplomacia, das relações sociais, naturalmente sempre com as minhas armas da ambição, carreira, dinheiro e prazeres...oh que contente! Que alegria, Que vitória! Hahahahahahahah Décimo terceiro------Juízes e magistrados-- Eu gosto, em modo particular destes juízes e magistrados que tem atrás das costas deles o dizer tradicional - A JUSTICA É IGUAL PARA TODOS - à exceção deles! Que espertos, que fiéis estes meus escravinhos da justiça! Finalmente consegui domar até os juízes! Finalmente consegui sindicaliza-los! Finalmente consegui fazê-los se venderem por dinheiro e outras recompensas! Quantas pessoas inocentes eu faço condenar na cadeia por anos e anos... Enquanto faço sair e absolver os meus seguidores, considerados pelo povo como assassinos e delinquentes... Os faço sair da cadeia porque devem continuar a ampliar o meu reino de desordem, com homicídios, latrocínios, trafico de drogas, sequestro de pessoas e de crianças. Que maravilha estes meus juízes sindicalizados, partidarizados e vendidos... Eu os seduzi ao ponto de não reconhecerem mais o que é justo ou o que é injusto... São hoje o meu corpo especializado de assalto contra a justiça! Que maravilha liberar das cadeias os grandes mercenários e mafiosos e deixar dentro os pobres desvalidos mais ou menos inocentes. Que belo deixar livres os falsos arrependidos, com os quais eu posso agir com mais segurança. Que belo mandar à prisão domiciliar aqueles com os quais posso mais livremente organizar o desmantelamento da sociedade! Bravos ... Bravíssimos... Juízes vendidos! E quantos passam todos os dias, sempre mais para o meu reino, corrompidos pelo dinheiro e pela carreira e pelo orgulho, as minhas armas mais amadas por eles... E estes juízes que não querem se aliar comigo, os faço desaparecer... E que coisa é a luta em volta deles (disputas entre si), que aumenta sempre mais entre estes magistrados, isso acaso não é o fruto da minha prece e da minha constante e insistente ação? E que coisa é a continua luta entre os magistrados e políticos e as forças armadas, senão o efeito do veneno que eu consigo injetar constantemente entre eles?...Acabou... Acabou a pseudo-paz que aquele bufão do vosso Deus, que eu venci e crucifiquei... Acabou... O mundo inteiro está comigo... Sou já o rei do mundo.. Sou eu... Décimo quarto.... As seitas---Uma minha particular preferência são as seitas que eu continuo a criar e difundir capilarmente em todo o mundo. São os meios mais imediatos com os quais destruo a fé naquele falso vosso Deus por mim crucificado... Crio assim a Babel na fé...O vosso PADRE BRANCO grita, urra, porque tem medo de mim, tem medo que eu lhe tire o trono já tanto vacilante...mas eu jà venci, coloquei a babel na fé, nos simples e nos doutos, inclusive padres, teólogos e bispos...as minhas seitas são cada vez mais invencíveis... a minha maçonaria paga muito bem cada meu seguidor...serei sempre o vencedor...e a babel na fé será a minha vitória... Somente na vossa Itália tenho mais de 672 seitas religiosas minhas que vocês chamam de satânicas, que são cheias repletas de almas a mim votadas e consagradas, e batizadas com o próprio sangue no meu nome... Estes me oferecem diariamente o culto que eu mereço como soberano da terra com orações, hinos e cantos e.. com missas negras, durante as quais o vencedor sou eu pisoteando e destruindo aquelas hóstias nas quais os estúpidos cristãos creem presente o Crucificado deles... Mas se assim fosse, porque permitem que eu O destrua impunemente? Ahahahahahahah...estas seitas por mim comandadas junto com meus seguidores de estado maior do meu reino, convertem incessantemente os cristãos e os tornam meus fiéis seguidores...são centenas que a cada hora renegam a vossa fé para aderir às minhas seitas. Onde eu os acolho de braços abertos e dou a eles todos os meus prazeres e todas as liberdades de viverem o mais longe possível da vossa Igreja... É a verdadeira felicidade... A verdadeira alegria que só eu posso vos dar... Da alta, a média, a baixa Itália e nas ilhas... Em todos os lugares as minhas seitas que trabalham sem parar. Por outro lado, agora muitas Igrejas e paroquias estão sem padres... eu consegui destruir e fazer morrer as vocações...e as minhas seitas substituem os padres...ahahahaha pelos testemunhas de jeová. Desde os centros da idade do aquário (nova era), aos Steinnerantroposóficos aos teosóficos, aos carolinas, aos cenáculos 33, aos centros macumbeiros, aos Rosacruz, aos arco-íris (homossexuais) , aos amarelos (budistas) aos ergonianos, aos scientologys e tantas outras minhas seitas e religiões que cada dia eu invento e crio, todos são um verdadeiro exército que luta contra a vossa Igreja... Eu vencerei, vencerei... Ainda que o vosso Crucificado disse a vocês que AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO. Ahahahahahah... E não bastando isto me infiltrei em certos grupos de base que vocês querem que sejam vossos (Comunidades eclesiais de base, da teologia da libertação?). Ao contrário são meus, os sequestrei já, jogando nos singulares o meu histerismo paroxístico... Tornando todos visionários falsos e de falsas profetizas que, como eles creem, falam (com Deus)... Mas sou eu que me revelo a eles ... Hahahahaha Décimo quinto----Os teólogos: Os meus teólogos, com as doutrinas inspiradas por mim... Oh, estes constituem a minha PONTA DE DIAMANTE de primeira linha! Que teólogos inteligentes! Estes entenderam que aqueles dogmas duríssimos, ditados por certos tolos chefes eclesiásticos, na realidade são falsidades pueris que desmoronam ao simples confronto com a realidade cotidiana... que bravos... bravíssimos...de resto, os levei a ensinar as minhas doutrinas não apenas nos seminários comuns, mas até nas mais altas e prestigiosas Universidades Pontifícias, até naquela romana do vosso PADRE BRANCO (Universidade Lateranense). A doutrina da morte de Deus eu inspirei, eu e com esta me vieram atrás milhões de estudiosos que se tornaram meus discípulos e fiéis convictos. Desde que eu reino, o vosso Deus morreu e não mais existe. E acabou assim, a lei constritiva: todos podem e devem viver livremente, como eu ensino, liberdade de ideias liberdade de pensamento, liberdade de ação... Cada um é libérrimo finalmente para agir e fazer aquilo acredita e quer em qualquer lugar e sempre e com qualquer um... Não existe mais norma nem regras... Cada um é como eu sou, patrão de tudo e de todos: o vosso Deus morreu! E quem poderia negá-lo se o mesmo vosso Crucificado declarou que eu, somente eu sou o príncipe deste mundo? E se ele mesmo disse todo o mundo esta sob meu indiscutível poder direção?.... Finalmente estes teólogos, os mais inteligentes em absoluto, me deram razão. Mas se Deus morreu, então é claro que desabaram todos os outros dogmas: A Criação, a Encarnação, a Ressurreição, a Imaculada, a Assunção, a Eucaristia e todos os Sacramentos... Tudo, estorinhas inventadas para manter constringidos os cristãos burros... E eis centenas e centenas dos meus teólogos que têm até coragem de desafiar o Padre Branco com cartas e assinaturas... Que prove o contrário se tem coragem e é capaz... Sacudiu a cabeça deixou os meus teólogos que continuassem estes ensinamentos sem a mínima desaprovação nem punição.... Então também ele concorda comigo na negação de todos os seus dogmas... Mas que bravo! hahahaha.. E enquanto estes grandes teólogos estão comigo, tem outros pequenos teólogos ungidinhos que para vingança, negam a minha existência, como fábula da Idade Média, relegando todas as minhas presenças e manifestações a fatos unicamente psíquicos... Bravíssimos, estes teólogos, estes padres e... Muitos bispos... bravíssimos! E o serviço melhor que me podeis fazer é agir silenciosamente, sem minimamente lutar contra a minha presença e a minha astúcia... Bravíssimos... Fazei sempre assim, e eu continuarei a minha obra infernal sem rumor! Os meus teólogos inteligentes negam o os dogmas da verdadeira Igreja, os teólogos estúpidos negam a minha existência... que triunfo...ha ha ha ... Mas então onde estão os hereges de antigamente? Nenhum! Nem quem nega dogmas, nem quem nega a mim, entretanto no elenco dos dogmas, tinha também aquele da minha existência...! Então eu venci a vossa Igreja. Agora falemos daquilo que desagrada ao demônio. O que eu recomendo a você, caro Vincent, é de não perder nada, nem mesmo uma vírgula... A) A Confissão .. essa invenção estúpida ... Como dói ... dói-me ... que o Sangue de seu falso Deus ... que me esmaga.. este Sangue ... Eu não gosto ... Lava, destrói a sua alma e faz-me fugir (gritos horríveis de choro !) ... Esse Sangue, aquele Sangue ... é o meu castigo mais terrível ... Mas eu achei aqueles sacerdotes que não acreditam mais a confissão e enviam assim os cristãos a receberem seu falso Deus em pecado ... bom, bom, muito bom ... Assim posso cometer sacrilégios ... B) A refeição onde você come a Carne e o Sangue do Homem crucificado, eu o matei... É onde eu perco minhas batalhas .. Este é o lugar onde eu sou impotente... Não tenho mais forças para lutar.., Aqueles que comem esta carne e bebida desse sangue tornam-se fortes contra mim, eles tornam-se invencíveis às minhas astutas seduções e tentações, parecem diferente dos outros, parecem ter uma luz especial, uma rápida inteligência e ... de repente me recusam e afastam-me e me expulsam como se eu fosse um cão ... que pena, o que é uma dor que tem a ver com esses canibais ... Mas eu os persigo ferozmente... e muitos vão para comer, seu Anfitrião em pecado ... hahaha ... que ... que feliz .. feliz, que alegria, assim odeiam seu Deus ... e comem-nO, hahahaha! A minha vitória ... vitória .. un'ah ... hurra ... Que tolice aqueles que perdem horas e horas de dia e de noite, de joelhos adorando um pedaço de pão escondido em uma caixa no altar de um Deus falso. Quanta raiva me dão essas pessoas! Eu tento destruir todas as obras deles usando de cristãos profanos, padres, freiras e bispos sacrílegos... Como eu colho o tempo todo, é a minha vitória incessante ... Quanta dor ... Quanta fúria me provoca este culto irracional! C) Eu odeio o Rosário .. que coisa morta e podre que é esta Mulher é para mim, como um martelo que espanca a minha cabeça ... Fico louco! Esta é uma invenção dos falsos cristãos que não me obedecem, então seguem aquela puta! Eles são falsos, falsos ... Em vez de ouvir-me que o reino é deste mundo, esses falsos cristãos vão rezar para aquela prostituta, a minha primeira inimiga, para essa coisa... Oh quanto mal eles me fazem... D) O maior mal deste tempo para mim são as intervenções constantes, são as APARIÇÕES desta prostituta em todo o mundo em todas as nações, Ela está me assombrando, porque resgata das minhas mãos tantas almas... Milhares e milhares ... Por ouvir as suas falsas mensagens ... Felizmente eu preparei os bispos e padres que não acreditam nesta Mulher vil ... Não acreditem Nela, e assim trazem o caos ... Bravos, bravos, estes meus bons, esses apóstolos de heresias ... hahaha ... E) Mas o que mais me destrói é a obediência asinesca para o homem de terno branco que vos comanda, em nome do falso, e do falso Salvador, do seu Salvador .. que .. burros, ovelhas, coelhos ... que ...! Obedecer a um homem que ama a prostituta, ele que sempre me persegue ... Que vergonha ... Isso destrói-me e ao meu reino ... Mas eu tenho presos centenas de padres, monges, teólogos e bispos que estão em guerra ... Uma guerra sem fronteiras contra aquele palhaço branco. Eu ganharei, ganharei ... hahaha! Eu o farei morrer, assassinado ... Um final ruim, eu o farei. Ele é odioso aos meus seguidores, aquele polaco (João Paulo II) que ama a prostituta... Que ainda faz propaganda do Rosário daquela Mulher vil, e o tem como sua oração preferida .., Que covarde, que ass ... Ohohohohoh esmaga-me ... (gritos de choro) ...! F) "Muito eu me preocupo com essas empregadas domésticas, com a cabeça enfaixada deixando tudo e todos para se fechar dentro de quatro paredes, a sacrificar tudo que é belo e bom para o seu Deus, (fala das mulheres que rezam e se sacrificam) quando só eu sou ressuscitado e vencerei... Dia e noite são sufocadas com vigílias constantes e jejuns enormes, não dormem o suficiente, não comem de acordo com seu apetite e a necessidade do corpo, e afirmam que a comida não deve ser tomada livremente em qualquer lugar e a qualquer hora... Taciturnas ... sombrias, cheias de tristeza, coisa desumana .. , e oram, cantam e fazem todo tipo de sacrifício, para que fazem isso? Por quais razões específicas para tais fins, com que resultados? A grande maioria, felizmente, são pessoas pouco inteligentes.., obtusas de espírito ... sem força de vontade, que ficam insatisfeitas com o que faz este ou aquele padre ... Pobres mulheres, estas mais velhas que não sabem e não sabem o verdadeiro prazer do sexo com todas as suas alegrias que ele traz ...! Empregadas domésticas pobres, que nunca sentiram as sensações da carne, adquiridas nos abraços e beijos dos meus homens...! No entanto, a quantas eu faço cair no ridículo, reduzo a uma vida dura, árida, desprovida de qualquer fervor, jogando-se numa fé morna ... Sim, devo fazer uma matança... Principalmente por causa destas clausuras, delas eu tenho medo ... estou com muito medo ...! Meus inimigos são os mais terríveis e ferozes, mesmo assim eu arranco das mãos de Deus muitas almas de cada sexo, toda classe e condição ... Que inimigo terrível ... Quando eles começam a orar pela conversão de uma alma para resgatá-la não param ... e rezam mais ... mais e mais ... eles são tenazes em sua teimosa! Se não fosse o suficiente, então as longas e arrastadas orações em honra ao falso Deus crucificado, que descaradamente chamam sua Esposa, ainda em seguida, começam com penitências desgastantes de todo tipo ... que ... que soldados inimigos, que soldados de primeiro assalto! Eu tentei de tudo para reduzir as vocações para esta vida estúpida .. Mas infelizmente há muitas ... Eu ainda as posso chamar de raparigas estúpidas e bobas, mas elas muitas vezes são até graduadas ... Que inimigos ... G) Em seguida, são os meus perseguidores mais amargos e implacáveis de verdade: aqueles que se dizem exorcistas, ó que tribo terrível, é que calamidade no mundo... Felizmente, há ainda poucos, muito poucos, porque eu dissuadi os bispos de nomear ... Nestes eu acredito e obedeço, mesmo contra o comando de seu Deus crucificado que lhes ordenou: Em Meu Nome devem expulsar os demônios. O que palhaços! Estes bispos têm medo de mim, e isso é muito, muito bom! Eu já possuí-los ... e eu não os deixo fazer um exorcismo em mim, nem mesmo permito-lhes de nomear exorcistas, estes meus inimigos ferozes ... que ...! Muitas vezes eu consegui me vingar, punir, dar um tapa neles, para vencê-los, para detê-los, com doenças muitas e diversas, e às vezes graves ... Mas, infelizmente, não se rendem ... não desistem ... E quando se aproximam de minha presa, eu tenho que obedecer... Mais cedo ou mais tarde... até rezar me fazem ... e sempre em nome do seu Deus ... e da Mulher, da Mãe do Crucificado ... Oh, que dor, que tormento para mim ... ". Isso, caro Vincent, foi o que o demônio disse para me exorcizar da boca da pessoa possessa, na presença dos meus colegas e eu gravei em fita magnética. Claro, os argumentos não são todos, eu relatei apenas alguns, os mais urgentes e importantes, que, esperamos, dar força a todos os que seriamente querem viver o seu batismo, que é um. Sim a Deus e não ao diabo A lista é terrível e merece séria consideração e exame de consciência por parte de todos, mas a oração perseverante vale a pena e a penitência, a prática frequente da confissão sacramental, onde o Sangue de Jesus nos purifica e nos dá um escudo muito forte com a qual venceremos sempre o nosso inimigo.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Coroa da Senhora de Todos os Povos

COROA DA SENHORA DE TODOS OS POVOS (em um terço normal) Consagraçao ao Espírito Santo, renovaçao das promessas do Batismo (renúncia a satanás e Credo),Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai, Nas contas do Pai Nosso reza-se a oração da Senhora de todos os povos, nas contas da Ave Maria, reza-se uma dezena de Ave Maria, Salve Rainha, três Glórias ao Pai! ATO DE CONSAGRAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO(fazer essa consagração todos os dias!) Oh Santo Espirito! Amor que procede do Pai e do Filho, fonte inesgotável de graça e de vida. A vós desejo consagrar a minha pessoa, o meu passado, o meu presente, o meu futuro, os meus desejos e as minhas escolhas, as minhas decisões,os meus pensamentos e os meus afetos, tudo o que me pertence e tudo o que sou, todos aqueles que encontro, que penso, que conheço, que amo. Tudo aquilo com que a minha vida entrará em contato: Que tudo seja beneficiado da vossa luz, do vosso calor, da vossa paz. Vós Sois o Senhor e da vida,e sem a vossa força nada é sem culpa. Oh Espirito do Eterno Amor, vinde no meu coração,renova-o e fazei-o sempre mais semelhante ao Coraçao de Maria, para que eu possa me tornar, agora e para sempre, Templo e Tabernáculo da vossa Divina Presença. 3 Glorias ao Pai RENOVAÇÃO DAS PROMESSAS DO BATISMO Por meio do Batismo nos tornamos participantes do misterio pascoal de Cristo, fomos sepultados juntos com Ele na morte, para ressuscitar com Ele na vida nova. ... Renunciais ao pecado para viver na liberdade dos filhos de Deus? Renuncio!!! Renunciais à seduçao do mal para não deixardes dominar pelo pecado? Renuncio!!! Renunciais a satanàs, origem e causa de todos os pecados? Renuncio!!! Credes em Deus, Pai onipotente, criador do céu e da terra? Creio!!! Credes em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, morreu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos e está sentado à direita do Pai? Creio!!! Credes no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhao dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreiçao da carne e na vida eterna? Creio!!! Deus onipotente, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, que nos livrou do pecado e nos fez renascer da água e do Espirito Santo, nos guarde, com a Vossa graça em Cristo Nosso Senhor, para a vida eterna. Amém!!! ORAÇÃO SENHORA DE TODOS OS POVOS Senhor Jesus Cristo, Filho do Pai. Enviai agora o Espírito Santo sobre a Terra. Fazei o Espírito Santo habitar nos coraçõess de todos os povos para que sejam preservados da decadência, das calamidades e das guerras. Que a Senhora de todos os povos, a Santissima Virgem Maria, seja a nossa advogada. Amém!